Landing Page: tudo o que você precisa saber

Landing Page é uma página de aterrissagem que busca, principalmente, a conversão do visitante em Lead. Aprenda como usá-la para aumentar suas taxas de conversão e alavancar seu negócio.

André Siqueira
André Siqueira15 de fevereiro de 2024
Templates de Landings Pages

Landing Page é uma página direcionada para a atração de clientes. Chamada também de página de captura, ou de aterrissagem, possui uma abordagem mais simplificada em comparação com páginas convencionais, focando na oferta central de uma campanha de Marketing Digital.

Neste artigo, entenda melhor o que são essas páginas, como criá-las e como você pode usar esse recurso para aumentar conversões e vendas.

O que é Landing Page?

Landing Page (LP), como já comentamos no início deste artigo, é uma página projetada com o objetivo de transformar visitantes em Leads e, depois, em clientes.

Esse modelo de página de web é bem diferente daquelas que estamos acostumadas a ver em sites comuns. Isso porque, o seu conceito é voltado para a promoção de um determinado produto ou serviço, direcionando o usuário para uma ação específica.

A seguir, confira nosso vídeo para entender o que são Landing Pages e como usá-las na sua estratégia de Marketing Digital.

Para facilitar a conversão, essa página é projetada com uma abordagem mais simples, com foco principal na experiência do usuário.

De forma geral, a Landing Page é criada para incentivar a conversão em um único Call to Action. Assim, é possível divulgar newsletters, eBooks, webinars, demonstrações, pedidos de orçamento ou mesmo produtos.

Quer descobrir como criar várias páginas para divulgar suas ofertas e aumentar sua conversão de Leads na internet? Aproveite para começar o seu teste gratuito do RD Station Marketing e aprender a criar suas Landing Pages na prática.

Crie páginas que geram Leads em minutos

Comece agora seu teste grátis do RD Station Marketing

Automação de MarketingLanding Page

Quais os tipos de Landing Page?

Existem diversos tipos de Landing Pages, projetadas para atender a diferentes objetivos de uma campanha de Marketing Digital. A seguir, confira os modelos mais comuns:

Página de Geração de Leads 

A página de geração de Leads é usada por empresas para capturar Leads e aumentar sua base de prospects. 

Nesse caso, seu objetivo principal é divulgar materiais ricos, ferramentas e até webinars, para obter informações dos visitantes, como nome, email e número de telefone. 

Página de Vendas

Já as páginas de vendas são focadas na promoção de ofertas, para incentivar os visitantes a realizar uma compra.  O ideal é que esse modelo de Landing Page traga informações do produto ou serviço para despertar o interesse do visitante.

Nesse sentido, uma dica que melhora a possibilidade de conversão é a inserção de um Call to Action (CTA) convincente, ou mesmo de depoimentos de clientes.

Página de Pré-Lançamento

Essa página é usada para criar expectativa e coletar Leads antes mesmo do lançamento de um produto ou serviço.

Nesse caso, ela deve oferecer informações exclusivas sobre o lançamento, além de um formulário de cadastro, para que o visitante receba atualizações ou cupons de desconto, por exemplo.

Página de Agradecimento (Thank You Page)

A página de agradecimento é para onde o Lead é direcionado após a conversão. Como o próprio nome sugere, ela deve agradecer ao visitante pelo interesse e pode fornecer detalhes adicionais, como instruções, ou mesmo recursos e ofertas especiais, como você verá mais adiante.

Página de Evento

A página do evento é usada para fazer a inscrição da pessoa interessada em determinado evento. No entanto, ela também pode incluir detalhes adicionais, como localização, atrações, dicas de hospedagem e programação. 

Página de Captura Simples (Squeeze Pages)

Essa Landing Page é uma das mais simples, usada para obter conversões rápidas, cuja oferta não exige muitos detalhes. Um exemplo é a divulgação de um cupom de desconto em troca do e-mail do visitante.

Esse formato pode ser usado para capturar contatos, que depois serão convertidos em Leads por meio da oferta de materiais ricos, por exemplo.

Relação entre oportunidades de negócio e Landing Pages

Converter visitantes de uma Landing Page em Leads significa gerar oportunidades de negócio. Por isso, as LPs são tão importantes em uma campanha de Marketing Digital, sobretudo quando a intenção é aumentar a base de Leads.

Ao obter os dados dos visitantes, a sua marca pode criar um relacionamento mais próximo com essas pessoas. Dessa forma, é possível educar seu público-alvo, entender como ele interage com o seus conteúdos e se, de fato, está alinhado com seu perfil ideal de cliente. 

Em síntese, a Landing Page é um recurso essencial para que sua equipe de Marketing gere Leads, que podem ser transformados em oportunidades de negócio. 

Quais as características de uma Landing Page que converte?

Uma Landing Page que converte deve ter características essenciais para envolver e persuadir os visitantes a realizar a ação desejada. Mas, antes de tudo, é preciso ter uma oferta que realmente atraia a atenção do público.

Sendo assim, a página precisa trazer uma mensagem clara e centrada na proposta de valor, destacando as vantagens que os visitantes terão ao realizar a ação destacada no CTA. 

Além disso, o título deve ser impactante, despertando imediatamente a atenção do visitante. Não se esqueça dos elementos visuais, que ajudam a reforçar a mensagem e gerar identificação junto ao público.

Já a escolha dos campos do formulário depende do objetivo e dos dados que você quer capturar. De forma geral, prefira formulários simplificados, que solicitam poucas informações. Assim, você diminui o atrito na sua Landing Page e pode aumentar as chances de conversão. 

O botão de CTA também deve trazer um copy convincente, além de orientar para a ação desejada de maneira clara. Ainda, o conteúdo deve trazer os benefícios principais da oferta, para convencer o visitante a converter na sua página. 

Você pode usar também depoimentos de clientes que reforçam a credibilidade da marca, além de selos de premiação e de segurança, para despertar a confiança do visitante.

Lembre-se que a responsividade e velocidade de carregamento também podem proporcionar uma experiência consistente e agradável, inclusive em dispositivos móveis.

Ao integrar essas características, sua Landing Page se torna uma ferramenta poderosa para converter visitantes em Leads.

Como criar uma Landing Page de sucesso?

Com o avanço dos recursos digitais, a produção de uma Landing Page tornou-se muito mais simples e fácil de se fazer.

Hoje em dia, o mercado digital oferece diversas ferramentas que ajudam você a criar Landing Pages profissionais, com excelentes taxas de conversão e que se encaixam em praticamente qualquer contexto.

Isso tudo sem você ter que entender de programação ou contar com noções avançadas de design.

Se você já quer aprender a criar uma página na prática, assista à demonstração do criador de Landing Pages do RD Station Marketing.

Mas, se você quer conhecer tudo sobre os principais elementos de uma Landing Page antes de partir para a execução, continue lendo este artigo!

Título e Subtítulo

Um dado divulgado pelo Copyblogger, site referência em copywriting, diz que 8 em cada 10 pessoas que chegam a uma página só leem o cabeçalho. E somente 2 em cada 10 lerão o restante da página.

Então, é preciso focar no título e no subtítulo para aumentar as taxas de conversão da sua página, concorda? 

Sendo assim, esses elementos devem transmitir de maneira clara e direta a proposta de valor da sua oferta. O visitante precisa chegar até a página e pensar: “que oferta interessante, talvez seja disso que estou precisando, vou ler o restante da página”.

Imagem

Como diria a sabedoria popular, uma imagem vale mais do que mil palavras. Isso é mais do que válido em uma Landing Page. Por isso, o ideal é sempre usar uma imagem que reflita a sua oferta. 

Dessa forma, evite imagens muito genéricas ou fotos de bancos de imagens gratuitos, que já foram muito usadas por diversas empresas e que podem até atrapalhar a conversão.

Se sua empresa comercializa softwares ou produtos que possam ser demonstrados, também é possível usar telas do software ou mesmo trechos de webinars, para transmitir credibilidade sobre a oferta.

Descrição da oferta

Dependendo do seu segmento de atuação, uma página de conversão precisará de descrições mais detalhadas sobre a oferta para conseguir vender bem a ideia, eliminar pontos de dúvidas e alinhar expectativas. 

Nesses casos, siga algumas boas práticas:

  • destaque termos relevantes em negrito;
  • use bullet points e evite usar blocos muito longos de texto;
  • escolha de 3 a 5 itens mais importantes para apresentar na sua LP;
  • escreva fragmentos ou sentenças curtas, que sejam possíveis de ler com facilidade;
  • fale de benefícios, não de funcionalidades. Exemplo: em vez de “10.000 m² de área útil”, use “10.000 m² com opções de diversão para toda a família”.

Em casos nos quais a oferta é complexa e precisa de mais explicações, você também pode usar outros elementos. Por exemplo, um vídeo explicativo ou mesmo uma prévia do material ofertado.

Formulário

O formulário é um dos elementos-chave para tornar a conversão do visitante possível. Por isso, é preciso adicionar apenas os campos necessários para converter o visitante em Lead.

Lembre-se que muitos campos podem sobrecarregar o visitante e desencorajá-lo a completar o formulário. 

Por isso, o ideal é encontrar um equilíbrio entre coletar informações essenciais para a conversão e não criar barreiras desnecessárias. 

Portanto, priorize dados cruciais para a sua estratégia de Marketing e Vendas e evite solicitar informações que possam parecer invasivas ou irrelevantes. 

📖 Leia também: Guia completo de como montar um bom formulário de cadastro de Leads

Botão de CTA

CTA significa Call to Action ou chamado para ação, em português. Na prática, é o botão ou link no qual seu usuário deve clicar para garantir a conversão.

Esse recurso precisa estar em destaque na página, atraindo imediatamente a atenção do visitante e indicando claramente o próximo passo desejado.

Portanto, escolha cores contrastantes, use verbos de ação persuasivos, como “Baixe grátis” e “Inscreva-se aqui”, e posicione o CTA estrategicamente para otimizar o engajamento e conduzir os visitantes em direção à conversão desejada.

📖 Leia também: 15 exemplos de Call-to-Action de sucesso para inspirar suas estratégias de Marketing Digital

Design

Definir o design da página também é uma etapa essencial no processo de construção de uma Landing Page. Mas, tenha em mente que nem sempre o layout mais bonito é o que converte mais.

Nesse sentido, é importante que sua página tenha uma identidade visual alinhada à identidade da sua empresa ou campanha. Mas, evite utilizar sempre o mesmo modelo de LP, já que o design escolhido deve estar relacionado ao tipo de oferta e à quantidade de informações apresentadas.

Para facilitar a criação da sua Landing Page, uma dica é usar um software com modelos personalizáveis e fáceis de editar, como o RD Station Marketing. Dessa forma, fica fácil adicionar o conteúdo à página, já que a ferramenta oferece funcionalidades intuitivas e fáceis de manusear, facilitando a criação da LP. 

Outros elementos

Até agora, falamos sobre mensagem, pontos de conversão e design. Esses são os principais elementos que consideramos essenciais e que devem ser usados em todas as Landing Pages.

Mas, há outros componentes que podem ser usados na construção da sua LP:

  • Direcione o olhar do visitante: explore outros tipos de direcionamento na sua LP, como setas ou a imagem de uma pessoa olhando para o formulário. Isso porque, o olho humano costuma seguir esses indicativos, ação que pode aumentar suas taxas de conversão.
  • Use provas sociais: coloque evidências de que outras pessoas compraram, baixaram ou encontraram algum valor na oferta. Como as pessoas tendem a acessar um material que outras já recomendaram, inclua depoimentos em texto ou até mesmo o número de downloads do material.
  • Aproveite o senso de urgência: estimule o visitante indeciso a agir mais rápido, acrescentando quanto tempo falta para a oferta expirar ou a quantidade de ítens ainda disponíveis, por exemplo. É comum ver essa estratégia em e-commerces, que adicionam um cronômetro contando os minutos para o fim da promoção.

Configurações

Com o layout definido, chegou a hora de dar atenção às configurações da sua Landing Page. Veja a seguir o que você deve considerar.

Inserir URL

Nesta etapa, é importantíssimo usar a palavra-chave e criar uma URL amigável. Evite deixá-la muito longa ou difícil de entender. 

Veja esse exemplo: https://materiais.resultadosdigitais.com.br/exemplos-de-landing-pages. Note que não há números ou caracteres especiais. Além disso, depois da barra, não usamos mais que cinco palavras. Então, a regra aqui é prezar pela objetividade!

Configurar imagem de promoção em redes sociais

Outra configuração importante é inserir uma imagem de promoção em redes sociais no campo de configurações do seu software de Landing Pages. Na imagem abaixo, você confere como essa configuração é disponibilizada no RD Station Marketing.

Isso é importante para que, ao publicá-la nesses canais, a imagem relacionada à oferta apareça automaticamente na postagem.

Criar e configurar um email de agradecimento

Não se esqueça também de criar e configurar um email de agradecimento, para estreitar a relação da marca com o público.

Dessa forma, o visitante também recebe a oferta em sua caixa de entrada quando converter e se tornar Lead.

Determinar o Lead Scoring

A definição do Lead Scoring é uma ação que não pode ser deixada de lado. Isso porque, ele permite que você classifique e pontue determinado Lead de acordo com suas características e comportamento em relação às suas ofertas, como na imagem abaixo. 

Criar a página de agradecimento (Thank you Page)

Recomendamos ter uma Thank you Page para a sua oferta, ou seja, uma página de agradecimento ou confirmação em que o Lead terá acesso à oferta.

Uma dica nessa página é ter uma oferta complementar para estimular o Lead a fazer uma segunda conversão. Considere, por exemplo, seus materiais mais acessados, teste grátis, cupom de desconto, entre outros.

Ativar as notificações de conversão

Outro cuidado é ativar as notificações de conversão. Isso porque, é importante que você receba, como empresa, o aviso de que alguém acabou de virar Lead, principalmente em materiais de fundo de funil. 

Esse passo ajuda a abordar o Lead com agilidade, o que aumenta a eficiência do relacionamento e também facilita a transição do Lead no funil de vendas.

Acompanhar as taxas de conversão e fazer testes

Para potencializar os resultados, é possível acompanhar as taxas de conversão e fazer alterações em relação à versão original da Landing Page. Uma boa forma de experimentar é realizar testes A/B com a versão original e a alterada. 

Entretanto, cuidado para não fazer um excesso de mudanças no teste A/B, pois isso pode dificultar a identificação dos elementos responsáveis pelas alterações nos resultados.

Opte por ajustes controlados e bem direcionados, permitindo uma análise mais precisa e conclusões mais confiáveis sobre o desempenho das diferentes variantes.

💡 Dica da RD: para trazer eficiência para a sua estratégia de Marketing, é interessante contar com ferramentas de criação de Landing Pages que já tenham funções como Lead Scoring e notificação de conversão integradas — como é o caso do RD Station Marketing. Aproveite para começar o seu teste grátis agora!

Landing Pages e LGPD: o que considerar?

Uma vez que as Landing Pages pedem dados dos usuários, você vai precisar estar em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que estabelece diretrizes e regulamentos para o tratamento e proteção de informações pessoais dos indivíduos. 

Isso significa que, ao coletar dados por meio de suas páginas de destino, sua empresa precisa obter o consentimento adequado, garantir transparência nas práticas de coleta e adotar medidas de segurança para proteger as informações do usuário. 

Para isso, você vai precisar de ferramentas que estejam em conformidade com a lei. Em nossas Landing Pages, por exemplo, você encontre as seguintes informações nos formulários, que indicam a consonância com a Lei:

  • “Ao preencher o formulário, concordo em receber comunicações de acordo com meus interesses”;
  • “Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade”;
  • “Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo”.

Veja o exemplo que aparece em nossa página Exemplos de Landing Page:

Portanto, na ora de escolher sua ferramenta de Automação de Marketing, opte por uma que leve em consideração os seguintes pontos:

  • consentimento retroativo;
  • gerenciamento de cookies;
  • campos de proteção de dados;
  • proteção de dados no perfil do Lead;
  • bases legais em automação, importação e integração.

Todos esses pontos são considerados pelo RD Station Marketing, permitindo que a captação de Leads esteja 100% em conformidade com a LGPD.

Como criar a página de agradecimento (Thank you Page)?

Uma Thank you Page pode ser definida como o estágio final do processo de conversão de visitantes em Leads. É a página que o visitante vê após converter em uma Landing Page.

Portanto, se uma pessoa visualiza esta página, ela não é mais apenas um visitante desconhecido e sim um Lead, do qual sua empresa possui nome, email e quaisquer outros dados que tenham sido solicitados na Landing Page.

Assim, como o nome propõe, um dos principais elementos que não podem faltar em uma Thank you Page é uma mensagem de agradecimento.

Independentemente do que foi ofertado para conversão — um eBook, seminário, demo de produto etc. — sua empresa deve agradecer ao Lead e dizer a ele o que acontecerá em seguida. Ou seja, se receberá o material por email ou a ligação de um representante de vendas, por exemplo.

Essa instrução sobre o que acontecerá em seguida é o segundo objetivo principal de uma Thank you Page: suprir as expectativas do Lead. 

Uma vez que essa pessoa passou por todas as etapas do processo de conversão, ou seja, foi atraída pela oferta, interessou-se por ela e realizou a ação proposta na Landing Page, não há nada mais justo do que dar aquilo que ela está esperando.

Assim, se sua empresa ofereceu, por exemplo, um eBook, coloque um link para download em um lugar bem acessível, que o Lead consiga visualizar e clicar sem ficar procurando pela página. O mesmo acontece para uma oferta mais direta, como uma demonstração de produto. Veja o exemplo de Thank You Page a seguir:

Se for o caso, não se esqueça de dizer para o Lead que dentro de X horas alguém do comercial irá contatá-lo por meio do telefone, email, WhatsApp etc. 

Essa preocupação em relação ao suprimento das expectativas do Lead é de extrema importância para deixar uma boa impressão e contribuir para uma boa experiência dentro do site da sua empresa.

Como gerar mais oportunidades por meio de Thank you Pages?

Também existem algumas formas simples de gerar mais oportunidades para seu negócio com a sua Thank you Page. Veja a seguir.

TYP com ofertas relacionadas

Uma maneira interessante de aproveitar a Thank you Page é colocar links para novas ofertas. É importante levar em consideração o nível do material (introdutório, intermediário ou avançado) e também o tema.

Na Thank you Page do eBook 31 tipos de conteúdo que você pode produzir para seu blog, por exemplo, oferecemos materiais mais relacionados ao tema abordado e que mais podem interessar ao Lead.

Thank you Page com CTA para trial ou levantada de mão

Esse formato é uma boa opção para empresas que oferecem teste grátis ou quando sua equipe de Vendas está disponível para realizar um atendimento exclusivo, como um diagnóstico ou demonstração de ferramenta.

Abaixo, veja como é possível aproveitar as duas opções apresentadas. Assim, o usuário poderá seguir com a opção que mais está alinhada a seu momento na jornada de compras.

exemplo de thank you page com formulário

Como divulgar uma Landing Page?

Após ser criada, a Landing Page precisa ser promovida. Sendo assim, o primeiro passo é considerar os canais de tráfego de seu site e, a partir disso, direcionar sua estratégia de promoção para gerar Leads e aumentar sua base de potenciais clientes.

Os canais mais importantes para a promoção de Landing Pages são: redes sociais, site/blog da sua empresa, Email Marketing, mídias pagas, co-marketing e SEO. 

Uma dica importante é focar sua divulgação naqueles canais que realmente trazem mais tráfego para suas páginas. Pense nisso!

Redes sociais

Na hora de fazer a divulgação das LP, aproveite as redes sociais em que sua empresa está presente para a geração de Leads, que pode ser o Facebook, Twitter, LinkedIn, Instagram, Tik Tok etc.

Lembre-se que todas essas redes possuem pessoas que podem se interessar por sua oferta.

No Instagram, por exemplo, você pode utilizar os Stories para criar uma publicação com um link para sua LP. Já no Linkedin, uma boa saída pode ser publicar a Landing Page em algum grupo, além da página da sua empresa, é claro.

Veja um exemplo:

exemplo de post no LinkedIn

Site/blog

O site e o blog da sua marca são canais que podem trazer ótimos resultados para a sua campanha. Aproveite o tráfego existente e divulgue sua Landing Page nas páginas mais acessadas para gerar Leads e otimizar a conversão.

Veja um exemplo de divulgação no nosso blog. Nele, há um banner logo abaixo do título de um blog post, que direciona para a LP do RD Explora:

Email Marketing

E quem falou que o Email Marketing caiu em desuso? Saiba que ele é um recurso excelente para a divulgação da sua Landing Page, permitindo distribuir conteúdo relevante para sua base de contatos. E o mesmo vale para os disparos no WhatsApp.

Assim, é possível fortalecer o relacionamento, educar o público e nutrir seus Leads. Além disso, você também pode enviar um email para divulgar uma nova oferta ou novo material e monitorar seu desempenho. 

Uma dica para potencializar os resultados é trabalhar com grupos segmentados, considerando perfis e interesses para realizar uma comunicação personalizada.

Veja um exemplo:

Mídias pagas

As mídias pagas também são canais que podem ajudar muito no impulsionamento do seu negócio, podendo ampliar a divulgação da Landing Page para pessoas que têm interesse na sua oferta e que, muitas vezes, nem conhecem o seu produto ou serviço.

Uma das ferramentas mais usadas é o Google Ads, que possibilita a segmentação de visitantes qualificados, que estão em busca de uma solução ou conteúdo para suas necessidades ou interesses. 

No Facebook Ads, você poderá construir o seu público por meio de uma segmentação detalhada, levando em consideração as características, preferências e interesses da sua persona. 

Veja abaixo um exemplo de anúncio de Facebook Lead Ads:

exemplo de anúncio no Facebook Lead Ads

Por que usar Landing Pages em campanhas de mídia paga?

Segundo o Panorama de Marketing 2023, realizado pela RD Station, entre as estratégias de Marketing mais usadas pelos times estão a mídia paga e os links patrocinados. 

A mídia paga é um canal que pode trazer ótimos resultados para a sua campanha. Isso porque os anúncios pagos podem ser segmentados, o que aumenta a sua eficácia.

Diversificar as campanhas também abre a possibilidade de inovar. No caso das mídias pagas, usar uma oferta específica e disponibilizá-la por meio de uma Landing Page é fundamental para garantir o retorno sobre o investimento (ROI).

Afinal de contas, na Landing Page, o visitante terá duas opções: preencher o formulário em troca da oferta ou sair. 

O fato de ter poucas opções aumenta muito a probabilidade de o visitante realizar a conversão, o que já não acontece se usarmos um link de site institucional, que terá muitos botões e possibilidades de clique.

Mas se engana quem pensa então que os investimentos devem ser feitos em peso de uma hora para outra, nada disso!

É recomendável começar com um valor pequeno para fazer análises de curto prazo. E, após as análises, verificar se há potencial para colocar mais verba.

Por fim, não esqueça que as mídias pagas estão sempre mudando: o lance de leilão fica caro, concorrentes estão presentes, novos formatos sempre aparecem e, se suas campanhas não estiverem atualizadas, você pode estar perdendo resultados.

Co-marketing

Já percebeu que alguns materiais da RD Station envolve outras empresas? Um exemplo é este eBook “Gestão produtiva de Marketing Digital“, feito em parceria com a Runrun.it.

Na verdade, esses materiais fazem parte da nossa estratégia de co-marketing (ou Marketing compartilhado), que ocorre quando duas ou mais empresas, que possuem o mesmo público-alvo, juntam esforços para planejar, desenvolver e lançar um ativo.

Assim, conseguem um impacto que não conseguiriam ter sozinhas. Na prática, vale a pena procurar parcerias para lançar materiais com empresas que sejam complementares a seu negócio. Dessa forma, você acaba alcançando um público que, sozinho, levaria mais tempo para conquistar.

SEO 

Na hora de divulgar a sua Landing Page, há um outro meio que se destaca muito na hora de ampliar o alcance da sua página: os motores de busca. 

Isso porque, esses canais oferecem tráfego qualificado e sem custos, no momento certo em que a pessoa está buscando pela informação.

Otimizar sua Landing Page com as técnicas de SEO — e não uma página do seu site ou blog — para estar entre os primeiros resultados do Google significa que o visitante precisará percorrer menos passos até se converter e se tornar um Lead.

Otimizar um artigo de blog pode ser ligeiramente mais fácil, mas oferecer diretamente um conteúdo rico pode aumentar bastante a sua taxa de conversão! Veja algumas dicas a seguir.

📖 Leia também: SEO para Landing Pages: dicas e exemplos de otimização

Escolha bem sua palavra-chave

Ao fazer SEO para a Landing Page, o primeiro passo é a escolha de uma palavra-chave principal, relacionada à sua oferta.

Lembrando que essa definição dependerá da etapa da jornada de compra, que é o foco da sua Landing Page. Para atrair visitantes nas primeiras etapas, você pode acrescentar à sua palavra-chave termos como:

  • Dicas
  • Guia
  • Aprender
  • Como/Como fazer

Caso o objetivo seja atrair visitantes que estejam considerando uma solução e prestes a decidir, a sugestão é ter em sua palavra-chave termos como:

  • Comprar
  • Preço
  • Desconto
  • Melhor opção de
  • Comparativo

Crie um bom snippet

Já ouviu falar sobre o snippet? Você já notou que, em certas buscas feitas no Google, surge um quadro apresentando uma breve visão do conteúdo desejado?

Pois bem! Esse tipo de resultado é denominado featured snippet, também conhecido como a posição zero do Google, e costuma mostrar receitas, tutoriais, tabelas, definições detalhadas, entre outros.

A ideia do snippet é apresentar na página de resultados de busca um recorte objetivo do conteúdo de cada resultado. Os três elementos principais de um snippet são:

  • Título (Page title)
  • URL
  • Meta description

Saiba que um bom snippet deve ser convidativo e trazer informações objetivas a respeito do conteúdo que o visitante encontrará na página.

exemplo de snippet de landing page

Tenha um conteúdo envolvente

No conteúdo da sua Landing Page, é importante utilizar a palavra-chave, principalmente no cabeçalho e, pelo menos, uma vez no conteúdo.

Manter a atratividade da primeira dobra, levando em conta a concisão, é importante; porém, não significa que você não precise de mais texto. 

É possível trazer informações complementares nas próximas dobras, usando a palavra-chave quando couber, quebrando o texto em tópicos e intertítulos, que permitem que sua Landing Page tenha um bom ranqueamento no Google e demais motores de busca.

Dê atenção às imagens

Para otimizar a sua LP, é essencial usar também uma imagem principal que tenha grande apelo de conversão. Se possível, o foco deve ser no benefício que a oferta rica proporcionará ao seu visitante.

Use templates amigáveis para dispositivos móveis

Para melhorar os resultados, é imprescindível usar templates de Landing Page adaptados para dispositivos móveis. Esse cuidado é importante porque, hoje em dia, muitas pessoas acessam a internet usando celulares. 

Inclusive, de acordo com a pesquisa TIC Domicílios, 62% dos usuários da internet no Brasil só acessam a rede pelo aparelho celular.

Criar e divulgar uma Landing Page pode parecer trabalhoso, mas existem ferramentas que facilitam esse processo. Um exemplo é o próprio RD Station Marketing, que disponibiliza modelos editáveis de LP, além de permitir o envio automático de emails e a gestão completa dos Leads gerados com a sua oferta. Comece agora o seu teste grátis para saber mais!

Quais métricas de Landing Page analisar?

Para analisar a performance da sua Landing Page, saiba que é necessário acompanhar algumas métricas importantes. Confira a seguir quais são elas:

Visitantes únicos

Visitantes únicos correspondem à quantidade de pessoas que visitaram sua página, independentemente da quantidade de vezes. Ou seja, se um usuário entrar 10 vezes na página, vai contar apenas uma vez.

Essa métrica é importante, pois ela mostra a atratividade da página perante as concorrentes de palavra-chave.

Taxa de conversão

A taxa de conversão é uma das mais relevantes quanto o assunto são páginas de captura. Ela corresponde ao número de usuários que converteram na sua página. Ou seja, pessoas que deixaram os dados em troca da oferta da página.

A seguir, você pode ver como esse dado aparece na página de estatísticas de Landing Pages no RD Station Marketing

Taxa de rejeição

Essa taxa, também conhecida como bounce rate, indica a porcentagem de pessoas que abriram a sua Landing Page, mas saíram sem interagir.

Quando estamos diante de uma rejeição alta, vale a pena olhar a página e entender as melhorias a serem feitas, como mencionamos anteriormente. 

Posição no Google

Quanto mais alta a posição no Google, maior a chance de o usuário clicar. Isso acontece porque a maioria dos usuários tende a clicar nos primeiros resultados de pesquisa. Ou seja, estar nas primeiras posições significa maior visibilidade para o seu site.

Além disso, as taxas de cliques diminuem à medida que o usuário desce na lista de resultados. Estar nas primeiras posições aumenta a probabilidade de os usuários clicarem no seu link. 

Então, acompanhe a posição que a sua LP fica no Google e, sempre que necessário, faça otimizações na sua página. 

Tempo médio na página

O tempo médio na página é uma métrica que demonstra quanto tempo seu visitante gastou na sua Landing Page

Sendo assim, quanto mais tempo, sinal de que existe um conteúdo relevante. Agora, o pouco tempo pode indicar baixa atratividade do conteúdo e demora no carregamento, fatores que impactam a experiência do usuário. Por isso, atenção ao tempo médio do visitante na página!

Exemplos de Landing Pages eficientes

Para você se inspirar ao desenvolver a sua Landing Page, separamos exemplos de empresas que utilizam o RD Station Marketing e possuem páginas com altas taxas de conversão. Confira!

1. Kit Marketing Digital para Iniciantes - RD Station

Um de nossos materiais de maior sucesso, o Kit Marketing Digital para Iniciantes, possui uma Landing Page que segue todas as indicações que foram apresentadas nesta página. Isso faz com que sua taxa de conversão atualmente esteja acima de 90%.

Além disso, sua página de conversão também segue boas práticas de SEO e está em muito bem posicionada para buscas por “Marketing Digital para iniciantes”, o que proporciona uma geração de Leads frequente e de forma orgânica.

exemplo de landing page da Resultados Digitais

2. Curso de Inteligência Emocional - Conquer

A Conquer é uma escola de negócios que oferece cursos, formações, treinamentos corporativos e especializações práticas.

A escola tem diversos cursos, entre eles o de Inteligência Emocional. Durante a pandemia, o curso foi disponibilizado em uma Landing Page criada rapidamente no RD Station Marketing.

Em pouco tempo, a escola atingiu o marco histórico de mais de 1 milhão e meio de pessoas inscritas por meio da página, que você vê a seguir.

3. Glossário cervejeiro - Lamas BrewShop

A loja de artefatos para cervejeiros Lamas BrewShop obteve impressionantes 82% de conversão, optando pelo caminho informativo na escolha da oferta.

O material, um glossário com termos do mundo da cerveja, atrai os curiosos e ajuda os produtores na hora de fazerem as próprias cervejas artesanais.

4. Template de lançamento de produto - SOAP

Quem não gostaria de obter sucesso ao lançar um novo produto? A SOAP é uma empresa de soluções para apresentações profissionais, que ofereceu um template de lançamento de produto em uma Landing Page que deixa bem clara a oferta.

O material foi um sucesso: 75% de taxa de conversão.

exemplo de landing page da SOAP

Critérios para escolher uma ferramenta de Landing Page

Se você procura por produtividade e rapidez na execução das suas estratégias de Inbound Marketing, ter uma ferramenta para criar Landing Pages é essencial.

Afinal de contas, criar uma Landing Page do zero não é uma tarefa fácil. Sem uma ferramenta para essa finalidade, você precisaria de um webdesigner e um programador, para desenvolver a página e integrá-la a outros softwares.

Fazer tudo isso parece um grande investimento de tempo e dinheiro, certo? Ainda bem que já surgiram ferramentas de criação de Landing Pages, que reduzem esse trabalho a poucos minutos e aumentam a produtividade dos time de Marketing.

No entanto, a praticidade não deve ser o único atributo dessa ferramenta. Como existem diversas no mercado, trazemos neste tópico 9 funcionalidades que uma ferramenta para criar Landing Page deve ter.

Edição fácil e flexível

Uma ferramenta para criar Landing Page que permita edição fácil facilita muito o seu trabalho.

Com ela, deve ser possível mudar os textos e as cores de fundo, inserir imagens, editar o botão de Call to Action, dentre outras ações importantes para deixar sua página mais atrativa aos visitantes, levando-os à conversão.

A funcionalidade drag and drop (arraste e solte), presente no RD Station Marketing, como você pode ver abaixo, facilita ainda mais o trabalho.

Variedade de templates

A disponibilidade de diversos formatos de Landing Page também contribui muito na hora de criar a sua página. Assim, a ferramenta deve disponibilizar modelos só com formulário, com imagens e descrição, dentre outros. Dependendo da oferta, um pode ser mais adequado que o outro.

Além disso, templates especiais, como os que são voltados para datas comemorativas, como Natal, Dia das Crianças e Black Friday, facilitam na hora de fazer ofertas.

Por isso, na hora de escolher sua ferramenta para criar Landing Pages, lembre-se de considerar a quantidade de templates disponíveis.

Formulários inteligentes

O formulário inteligente permite pedir nas páginas de conversão apenas o que você ainda não tem de informação dos seus Leads.

Isso é importante porque evita que visitantes recorrentes abandonem sua página por não quererem preencher novamente o mesmo formulário — o que não faz sentido nem para ele nem para você, que receberia informações redundantes.

📖 Leia também: Formulário inteligente: aumente suas taxas de conversão e obtenha mais dados dos seus Leads.

Conversão social

A conversão social é a possibilidade de o visitante baixar seus materiais ricos fazendo login com redes sociais.

Trata-se de uma característica válida porque dispensa o preenchimento de um formulário, já que as informações das redes sociais são reaproveitadas. 

Preencher campo por campo é uma objeção que faz muitas pessoas abandonarem suas Landing Pages, e a conversão social é uma forma de contorná-la.

Integração com diferentes sistemas

É interessante também que a ferramenta possibilite a integração com outros sistemas e ferramentas, para adicionar funcionalidades que não estão disponíveis nela. 

Além disso, é importante que o código permita inserir outras funcionalidades, caso você deseje implementar funções avançadas. Sejam nativas ou inseridas via código, é importante contar com essa possibilidade.

Parâmetros de SEO

A edição de title, description, URL e outros parâmetros de otimização para os mecanismos de busca é importante para que suas Landing Pages sejam ranqueadas no Google e você seja mais facilmente encontrado.

Da mesma forma, poder otimizar suas tags para redes sociais é um fator importante. Afinal, você não quer que o título, a imagem e a descrição de sua Landing Page não apareçam (ou apareçam errados) quando compartilhados no Facebook ou outra mídia social, certo?

Por isso, ao escolher a ferramenta, certifique-se de que é possível configurar esses detalhes: title, description, slug, OG title, OG description e OG image.

Estatísticas

A ferramenta deve não só permitir a criação de uma Landing Page facilmente customizável e otimizada, como também facilitar a análise dos seus resultados.

Para identificar pontos de melhoria, é importante saber suas taxas de conversão e pontos de tráfego para as conversões.

Então, opte por ferramentas que mostram as estatísticas das suas páginas publicadas. O RD Station Marketing oferece, por exemplo, a conversão geral das suas Landing Pages, mas também uma análise de canais. Assim, você sabe de onde estão vindo suas visitas e em quais canais precisa investir mais.

HTTPS

O Google tem deixado mais claro que não gosta de sites inseguros, defendendo a adoção do HTTPS. Quando o endereço de um site começa com HTTPS e não com o anterior HTTP, isso significa que a página possui o certificado SSL/TLS.

Esse certificado é responsável por validar o site e criptografar informações que o usuário envia ou recebe dele, o que torna o visitante mais protegido. No Google Chrome, sites que adotaram o recurso apresentam um cadeado nas informações do site, que podem ser consultadas no ícone que fica no início da barra de endereços.

Já os que não adotaram podem exibir um aviso de site não seguro quando o usuário tenta acessar a página, principalmente aquelas que pedem informações pessoais, como email.

E os problemas vão além disso, pois a tendência é que o buscador também priorize páginas seguras como fator de ranqueamento.

Responsividade

Suas Landing Pages devem ser criadas para funcionarem, também, em mobile. Como você viu anteriormente, celulares correspondem a boa parte do tráfego e devem ser considerados na hora de criar sua página. 

Se os consumidores estão cada vez mais usando seus smartphones para pesquisar e fazer compras, você não pode ignorar isso.

O Editor de Landing Pages do RD Station Marketing permite que você verifique como vai ficar a sua página em versão mobile, basta apertar um botão e conferir:

O RD Station Marketing oferece todos esses requisitos para que você crie Landing Pages seguras, responsivas e que podem aumentar — e muito — o potencial de conversão da sua estratégia. Para conhecer a plataforma, clique aqui e faça um teste grátis!

Aprenda a criar uma Landing Page usando o RD Station Marketing

Uma boa Landing Page é resultado de uma série de fatores e construí-la é bem mais fácil contando com a ferramenta certa. Veja como é possível criar a sua usando o RD Station Marketing:

Fácil, né? a seguir, você confere o passo a passo mais detalhado, desde a criação da sua conta até a publicação da sua LP.

Crie sua conta

Para começar, é preciso ter uma conta ativa no RD Station Marketing. Se ainda não tem, comece seu teste gratuito por 10 dias aqui.

Assim que abrir a ferramenta, a primeira coisa a fazer é clicar na aba “Converter” e clicar em “Landing Pages”.

Criação Landing Page

Quando você já tiver construído suas primeiras LPs, você vai vizualizar todas elas. Como, neste caso, estamos falando da sua primeira, surgirá a tela abaixo. Então, basta clicar no botão “Criar Landing Page”.

Escolha um dos templates disponíveis

Você pode escolher entre dezenas de modelos já disponíveis. Eles estão divididos em algumas categorias: Geração de Leads, Agradecimento, Página de Vendas, Página de Pagamento e Segmentos.

Cada um desses modelos têm características próprias, que você pode ir experimentando para ver qual funciona melhor para seu objetivo com a ação. Todos são completamente editáveis. 

Todos os modelos de Landing Page têm um título que indica a usabilidade. É possível fazer uma visualização antes da escolha. Confira alguns deles a seguir:

  • Novo Squeeze
  • Agende uma visita
  • Programe seu evento
  • Consultoria empresarial
  • Demonstração de software
  • Lançamento de novos produtos

Após selecionar o modelo, começa o processo de criação propriamente dito. A primeira coisa a se fazer é dar um nome para a sua criação. Feito isso, será aberta a tela do editor.

Edite a Landing Page no RD Station Marketing

Chegou a hora de colocar seu talento combinado de designer e desenvolvedor! O Editor de Landing Page do RD Station Marketing tem a funcionalidade drag and drop. Ou seja, você pode selecionar os itens que quer adicionar e arrastá-los até a posição que deseja.

Dê uma olhada:

Drag and Drop Landing Pages

No exemplo acima, o componente selecionado foi “Linha”. Repare que, após arrastá-lo até o local, abriu um novo menu para você fazer alterações. O total de componentes editáveis para a sua Landing Page no RD Station Marketing é de 12. Eles são os seguintes:

  • Seção
  • Linha
  • Coluna
  • Texto
  • Caixa
  • Botão (CTA)
  • Imagem
  • Redes Sociais
  • Contador
  • Vídeo
  • Menu
  • HTML

A última opção permite que você coloque um código em HTML na LP. No topo, há também uma opção de Edição Avançada, que permite que você edite o código em CSS, JavaScript Body e JavaScript Head.

Após definir os componentes, ou escolher um modelo, edite os textos, imagens e demais elementos de acordo com as suas necessidades. Você também pode alterar as cores, a fonte e o tamanho dos componentes. Para isso, basta selecionar o elemento e alterar as definições no menu que fica à esquerda do editor.

Lembre-se de ir salvando o progresso, mas a ferramenta também disponibiliza a opção de salvamento automático.

Se o modelo que você escolheu tem um formulário para captura de informações do visitante, você pode definir quantas e quais informações quer captar. Confira na imagem abaixo como é possível editar o seu formulário.

Você pode escolher quais campos são obrigatórios e até configurar opções de resposta pré-definidas, além de poder optar pelo formulário inteligente, que vai pedir só as informações que você ainda não tem daquele Lead.

Campos da Landing Pages

Além da aba de Componentes, temos a aba Página, na qual é possível configurar a largura em pixels da área que contém conteúdo na LP.

Os GIFs que colocamos neste texto se referem ao template de agendamento de visita. O layout muda nos outros modelos, mas o processo é o mesmo. 

Após fazer as suas edições e deixar a Landing Page do jeito que você quer, basta apertar o botão Salvar e avançar para seguir.

Configure a Landing Page

A próxima etapa é de Configurações. É a etapa mais técnica, mas não se preocupe: é muito fácil de usar. Dê uma olhada nessa tela:

Configuração da Landing Pages

No começo desta seção, será solicitada um nome e uma descrição para a sua Landing Page, que serão usadas em mecanismos de busca como o Google.

Você também terá que configurar uma URL. O ideal é que ela fique em um subdomínio do seu próprio site, mas se for necessário o RD Station Marketing fornece uma hospedagem para a sua página.

A seguir, você poderá selecionar, entre três opções, o que vai acontecer quando seu Lead clicar no botão de CTA:

  • Redirecionamento de página: a pessoa é levada para outra página, geralmente uma página de agradecimento.
  • Download do arquivo: o material que você está oferecendo já pode ser baixado diretamente pelo Lead.
  • Nenhuma ação: a pessoa continua na Landing Page, mas pode receber uma mensagem de agradecimento na mesma página.

Além dessas configurações, você também pode definir outras ações relacionadas à sua landing Page, como: 

  • Exibir mensagem de agradecimento: mostra uma mensagem ao Lead após a conversão.
  • Notificar nova conversão por email: você receberá um email a cada conversão na Landing Page.
  • Utilizar canonical tag: caso tenha outra LP com uma oferta semelhante, pode colocar a URL da página principal, para unificar a autoridade de SEO das duas.
  • Atribuir atividade do Lead Scoring: o Lead vai receber pontos por essa conversão.
  • Email automático: já configure aqui mesmo o início de um fluxo, com o Lead recebendo um novo email minutos, horas ou dias depois.
  • Dupla confirmação: os Leads inscritos na sua Landing Page confirmam que o endereço de email preenchido no formulário é válido antes de fazer parte da sua base de Leads.
  • Mídias Sociais: personalize como sua Landing Page irá aparecer nas redes sociais quando alguém compartilhar o link, inserindo uma imagem que a represente, além de um título e uma descrição.

Vale ressaltar que durante todo o processo é possível pré-visualizar o resultado tanto para desktop quanto para mobile. Assim, já dá para ver como o seu trabalho está ficando. Se achar que já está legal, é o momento de publicar! Veja só:

Modos de visualização da Landing Pages

Lembre-se de que, a cada nova edição da Landing Page no RD Station Marketing, é preciso republicá-la para que a mudança tenha efeito. Os dados e os Leads já conquistados não se perdem e continuam aparecendo, em tempo real, no seu dashboard.

Veja só como é simples de acompanhar os dados de sua página no RD Station Marketing:

exemplo de dashboard

Cases de sucesso

A seguir, confira algumas histórias de empresas que alavancaram seus resultados usando Landing Pages. Aproveite para se inspirar e levar essa estratégia para a sua empresa.

Como a Conquer conquistou mais de 2 milhões de alunos com Automação de Marketing

No vídeo a seguir, entenda como a Conquer triplicou seus resultados, conquistando mais de 2 milhões de alunos em mais de 120 países com a Automação de Marketing e a criação de Landing Pages.

Como a Alliance está mudando a visão do Jiu Jitsu com marketing digital

A Alliance saiu de zero para 10.000 leads na base em 10 meses com o apoio de Landing Pages e conseguiu aumentar as visitas ao site e à academia. O número de vendas também ficou mais consistente, uma vez que quem chega para visitar a academia já está qualificado.

Confira o case completo no vídeo!

Quer levar esses resultados para o seu negócio? Você pode começar a criar Landing Pages e converter visitantes em Leads agora mesmo, com o RD Station Marketing. Comece o seu teste grátis agora e veja na prática como a ferramenta otimiza a sua estratégia de Marketing Digital!

Infográfico: tudo o que você precisa saber sobre Landing Page

Se você chegou até aqui e quer um resumão de tudo o que você precisa saber para criar e divulgar a sua Landing Page, confira o infográfico a seguir e aproveite para salvar nos seus arquivos:

Perguntas Frequentes

O que é uma landing page?

Uma Landing Page é uma página específica para conversão. Ela possui vários elementos voltados para tornar o visitante em Lead, como um texto atrativo, formulário, CTA, entre outros. 

São páginas muito utilizadas nas campanhas de Marketing Digital e costumam ter boas taxas de conversão.

Para que serve uma landing page?

Você pode utilizar uma Landing Page para transformar seus visitantes em Leads, captar seus dados e ter insumos para evoluí-los no funil de Inbound Marketing.

Como criar uma landing page?

A criação manual envolve design, conteúdo e código. Atualmente o mais indicado é a utilização de um software para a criação de páginas, pois, além de facilitarem na questão de design e programação de códigos, você consegue colocar as Landing Pages no ar instantaneamente. 

Dessa forma, é possível economizar tempo e aumentar sua produtividade. Nossa sugestão é usar o RD Station Marketing;afinal, além de Landing Pages, você cria emails, analisa resultados, publica em redes sociais e muito mais!

Landing Page substitui um site institucional?

Não, na verdade ela complementa o site. Isso porque, a Landing Page é uma página focada e otimizada para a conversão de contatos.

André Siqueira

André Siqueira

Quem escreveu este post

Co-fundador da Resultados Digitais, líder de automação de Marketing na América Latina e nos 8 primeiros anos da empresa liderou a criação e escalada da área de Marketing, tida como referência no Brasil. Do Marketing partiu para uma nova unidade de negócios, focada no desenvolvimento de um produto de educação. Pela RD se tornou também Empreendedor Endeavor e recebeu os prêmios de Empreendedores do Ano pela Endeavor (2017) e pela Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios na categoria serviços (2015). Também foi eleito um dos Forbes Under30 em 2019. Formado em administração pela Universidade Federal de Santa Catarina, foi professor de marketing digital na pós gradução da PUC RS, Be Academy, Estácio (SC) e Sustentare. Também foi eleito o profissional do ano em Inbound Marketing três vezes consecutivas pelo Prêmio Digitalks (2016, 2017 e 2018).

Veja também

Marketing
Plano de Desenvolvimento Individual: conheça o PDI, metodologia para potencializar vida e carreira
Marketing
Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo: qual a diferença?
Marketing
Facebook lança a ferramenta Creative Hub para criação de anúncios