CRM ou ERP? Conheça as diferenças entre as duas ferramentas e saiba qual escolher

Aprenda a diferenciar as ferramentas de CRM e ERP para não errar na hora de fazer a contratação

Resultados Digitais
Resultados Digitais3 de junho de 2022
Panoramas de Marketing e Vendas 2024

Você sabe a diferença entre CRM e ERP

As duas plataformas têm finalidades bem distintas: o CRM é voltado para o relacionamento com os clientes, enquanto o ERP tem como foco a gestão de processos de diversas áreas da empresa.

Ações como gestão financeira, contas a pagar, comissões e emissão de notas são funções do ERP. Já a gestão das vendas, do volume vendido e do faturamento fica a cargo do CRM. 

Ainda assim, há quem confunda as duas soluções, procurando as características de uma na outra ao fazer a contratação, por exemplo. Para desfazer esse equívoco, fizemos esse artigo. Continue a leitura para entender quais são as diferenças entre CRM e ERP e quando escolher cada ferramenta.

CRM

Panorama de Vendas 2022

Os resultados da maior pesquisa sobre gestão e operação de vendas nas suas mãos!

  • Sua inscrição é gratuita
  • Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade.

* Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

CRM ou ERP? Primeiro, entenda o que é um CRM

O primeiro passo para entender a diferença entre CRM e ERP é conhecer bem os dois conceitos.

Vamos começar pelo CRM, que é a sigla para Customer Relationship Management, ou, em português, gestão do relacionamento com o cliente.

Um CRM, portanto, é um software que tem como foco facilitar o contato com os clientes em potencial, permitindo acompanhar em um só lugar as negociações em andamento.

A ferramenta traz registros das interações que cada contato teve com a empresa. Isso facilita o trabalho dos vendedores, que podem pensar em abordagens mais customizadas e persuasivas, conforme os interesses e necessidades de cada cliente.

Saiba mais no vídeo:

Quais são os benefícios de usar um CRM?

As ferramentas de CRM ganham destaque em um contexto no qual os clientes exigem um atendimento de excelência durante toda a jornada de compra.

Entenda em detalhes os benefícios do CRM: 

  • Controle do processo comercial: com um CRM, a empresa consegue organizar e controlar o processo de vendas em um só lugar, acompanhando o funil de vendas em tempo real. Isso permite saber em qual etapa cada negociação está para direcionar esforços.
  • Dados organizados: empresas que usam planilhas para controlar as negociações em andamento ficam sujeitas a erros e esquecimentos. Afinal, depois de cada ligação, é preciso lembrar de anotar tudo o que foi dito. O problema é que esses desfalques nos dados podem fazer com que vendas sejam perdidas. Com o CRM, por outro lado, informações como histórico de interações e motivos de perda ficam reunidas. Isso também facilita a continuidade do trabalho quando um vendedor sair da empresa.
  • Integração: os bons CRM do mercado permitem integrar diversas ferramentas, como email, calendário e plataforma de Automação de Marketing. Assim, o vendedor não precisa perder tempo alternando entre diversas plataformas. O resultado são vendas melhores e mais rápidas.
  • Foco nos clientes: com os dados registrados e organizados, os vendedores podem focar no que mais interessa, que são os clientes. Eles podem personalizar abordagens, antecipar necessidades, fazer ofertas no timing certo e oferecer um atendimento personalizado. O resultado são clientes fiéis.

E o que é ERP?

ERP, por sua vez, é a sigla em inglês para Enterprise Resource Planning, ou seja, planejamento dos recursos da empresa.

Uma plataforma ERP tem aplicação ampla: serve para fazer a gestão da empresa de forma geral, integrando os dados de diversas áreas, como RH, financeiro e contábil. Outra característica do ERP é o fato de que pode ser contratado em módulos.

A ideia é que os fluxos de informação da empresa sejam conectados, de modo que as áreas recebam as informações uma das outras simultaneamente. Dessa maneira, é preciso fazer menos esforços de compartilhamento de dados.

O objetivo, como o próprio nome da ferramenta sugere, é reduzir custos e trazer mais eficiência para os processos da empresa.

Quais são as vantagens de usar um ERP?

Há empresas que postergam a adoção de uma ferramenta desse tipo porque entendem que os custos iniciais são altos. Porém, é preciso levar em conta que o investimento é recuperado no longo prazo, com a economia de recursos e o ganho de eficiência trazidos pela plataforma.

Entenda com mais detalhes os benefícios de usar um ERP:

  • Áreas integradas: é comum que empresas tenham departamentos que trabalham de maneira separada, sem se comunicarem entre si. O problema é que isso acarreta em retrabalho, com duas áreas diferentes precisando buscar os mesmos dados, por exemplo. É aí que entra o ERP, que possibilita integrar e distribuir essas informações para todos os interessados. Com isso, a empresa padroniza processos, reduz gargalos e ganha agilidade.
  • Redução de custos: o retrabalho mencionado no item anterior pode representar altos custos para a empresa. Recursos como o tempo dos colaboradores e materiais precisam ser bem aproveitados. Caso contrário, o negócio sentirá o impacto no caixa. Nesse sentido, o ERP permite trabalhar de maneira mais eficiente, automatizando tarefas repetitivas e produzindo mais com menos custos.
  • Ganho de produtividade: com a otimização de processos trazida pelo ERP, a equipe também ganha mais produtividade. A busca de dados de outros setores, a formatação de relatórios e outras ações, antes manuais, são automatizadas pela ferramenta, e os colaboradores ficam com mais tempo livre para focar em tarefas mais estratégicas para o negócio.
  • Decisões com base em dados: o ERP traz relatórios que permitem tomar decisões embasadas mais em números que em achismos. Isso também ajuda a equipe a acompanhar o que está sendo feito e a evitar ações fragmentadas, que pouco têm a ver com os objetivos do negócio.

Afinal, CRM ou ERP? É preciso escolher um?

Agora você já conhece os conceitos, funcionalidades e benefícios de um CRM e de um ERP. 

Como você pôde ver, as plataformas têm finalidades bem distintas. Enquanto o CRM é voltado para melhorar o relacionamento com os clientes, o foco do ERP é otimizar os processos operacionais da empresa. Escolher entre um e outro vai depender das suas necessidades no momento. 

Quando escolher o CRM? 

O CRM é a melhor escolha quando o foco do seu negócio for tornar mais efetivo o trabalho do seu time de vendas, sempre focando em melhorar o relacionamento com os clientes.

Se a sua empresa precisa melhorar a prospecção e conversão de Leads, o entendimento das demandas dos consumidores e a fidelização dos potenciais clientes, aposte no CRM. Com o software, seu time de vendas se tornará mais ágil e dinâmico, automatizando tarefas manuais e tendo tempo livre para focar nos consumidores.

Quando escolher o ERP?

Já o ERP é ideal para negócios que precisam integrar os dados de diferentes áreas da empresa e ter mais controle sobre essas informações. Estoque, financeiro, compras e vendas são setores que podem se beneficiar.

Quando usar os dois?

Se você acha que tem necessidade tanto de um CRM quanto de um ERP, saiba que é possível usar as ferramentas em conjunto. 

Assim, é possível padronizar os processos de diversas áreas e também melhorar o relacionamento com os Leads e clientes.

Conheça o RD Station CRM

Agora que você já sabe quais são as diferenças entre CRM e ERP, conheça o RD Station CRM, ferramenta de gestão de relacionamento com os clientes que tem todas as funcionalidades e benefícios de que falamos no artigo.

Sem limite de contatos ou de usuários, o RD Station CRM já foi considerado a plataforma líder no mercado de vendas no Brasil pela B2B Stack e conta, inclusive, com um plano gratuito.

Para ver como o RD Station funciona na prática, assista à demonstração no vídeo abaixo ou crie agora a sua conta gratuita!

CRM

Panorama de Vendas 2022

Os resultados da maior pesquisa sobre gestão e operação de vendas nas suas mãos!

  • Sua inscrição é gratuita
  • Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade.

* Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.
Resultados Digitais

Resultados Digitais

Quem escreveu este post

Resultados Digitais é o portal de conteúdo, mídia e educação da RD Station, líder no desenvolvimento de software (SaaS) voltado para o crescimento de médias e pequenas empresas. Sua plataforma de automação de Marketing e Vendas é líder no Brasil e soma mais de 50.000 clientes, em mais de 40 países.

Veja também

Vendas
Como potencializar resultados com vendas sazonais
Vendas
Eventos de Vendas em 2023: veja os destaques do calendário e descubra como aproveitá-los ao máximo!
Vendas
Sistema de CRM: saiba o que é e quais são as vantagens de usar uma ferramenta de vendas