ROAS: o que é, como calcular o do seu negócio e quais são as diferenças para o ROI

Entenda agora o que é ROAS, ou Return On Advertising Spend, como ele pode ajudar suas estratégias e como calcular no seu negócio

Thay Abrantes
Thay Abrantes28 de setembro de 2022
Lançamento dos Panoramas de Vendas 2024

Provavelmente você já ouviu falar sobre o ROI (Retorno Sobre o Investimento), certo? E você também conhece o ROAS

Se sua empresa investe em anúncios de mídia paga, você precisa conhecer essa métrica. Ela é a mais indicada e precisa para dizer se esses anúncios estão gerando receita ou se estão apenas gerando gastos para o seu negócio. 

Entenda agora o que é essa métrica, por que é importante conhecê-la e aprenda a calculá-la. 

O que é ROAS

O ROAS (Return On Advertising Spend ou Retorno Sobre o Investimento em Publicidade) é uma métrica de extrema importância para medir o lucro que é gerado a partir de campanhas publicitárias. 

Ele oferece importantes direcionamentos sobre os resultados dessas campanhas, mostrando onde seu negócio está perdendo dinheiro e onde vale a pena investir mais. Um ROAS baixo requer que você analise a eficácia de seus anúncios, enquanto um ROAS alto indica boas oportunidades para investir e gerar mais negócios. 

Apesar de não serem a mesma métrica, o ROAS tem muita similaridade com o ROI, já que ambos sinalizam o retorno sobre investimentos. Porém o ROAS é mais específico, enquanto o ROI é mais abrangente. 

RD Station

Acompanhe os dados de suas ações de Marketing Digital e faça otimizações

O RD Station Marketing é a melhor ferramenta para automação de Marketing Digital tudo-em-um para sua empresa. Com ele, você recebe relatórios completos de suas campanhas, faz análise de canais e define as etapas do seu funil baseado em dados! Faça um teste gratuito de 10 dias.

  • Ao preencher o formulário, concordo * em receber comunicações de acordo com meus interesses.
  • Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade.

* Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

Quais as diferenças entre ROAS e ROI?

Como já foi dito, essas duas métricas servem para mensurar retorno sobre investimentos. Porém, o ROI é mais abrangente, e apresenta o retorno, tanto de campanhas específicas, quanto de toda a estratégia de marketing e até mesmo de outros gastos, como o valor do produto ou serviço, por exemplo. 

Para saber mais e aprender a calcular seu ROI, confira este post da Cryah Agência Digital. Já o ROAS trata especificamente de campanhas publicitárias e não leva em consideração campanhas orgânicas e outros investimentos, como é o caso do ROI. 

Quando analisadas em conjunto, essas duas métricas oferecem subsídios mais consistentes, o que aumenta as chances de otimização de recursos e retornos mais satisfatórios. 

De certa forma, faz sentido pensarmos que as campanhas pagas merecem mais atenção com relação ao seu retorno financeiro. Isso porque no trabalho orgânico, como o Marketing de Conteúdo, é mais comum que sejam produzidos conteúdos perenes, que trazem retorno mais duradouro. 

Enquanto o seu site ou blog estiverem no ar, os conteúdos que estiverem publicados lá podem trazer retorno. Já uma campanha com anúncios pagos é algo que geralmente têm efeito mais pontual, portanto deve apresentar resultados sólidos a curto prazo. 

O conteúdo orgânico, por sua vez, tende a dar mais retorno a longo prazo e não necessariamente financeiro. Entram nessa conta aspectos como relacionamento, credibilidade e confiança na marca, por exemplo.

Qual o papel do ROAS dentro do Marketing Digital? 

O ROAS é uma métrica de extrema importância no marketing, já que pode impedir o seu negócio de perder dinheiro nas campanhas. Portanto, não deve ser desprezado e é praticamente obrigatório para empresas que investem em anúncios pagos. 

Porém, essa métrica não deve ser a única a ser utilizada, já que outros gastos precisam ser contabilizados. 

Por isso, recomendo fortemente a leitura do eBook “Será que minha empresa está fazendo um bom trabalho de Marketing Digital?”, que traz um panorama das métricas mais importantes que sua empresa deve considerar para cada estratégia e para medir seus resultados.  

Qual a importância dessa métrica numa estratégia digital?

No mundo digital, é essencial trabalhar com métricas e indicadores para avaliar os resultados das estratégias em ação. Nenhuma ação deve ser levada a cabo com base apenas em achismo, mas sim ancorada em dados sólidos que apontem os caminhos mais adequados.

O ROAS é importante porque indica onde sua empresa pode estar perdendo dinheiro, quais anúncios não trazem retorno, ou, na pior das hipóteses, traz prejuízos. 

Por outro lado, se uma campanha ou ação traz resultados satisfatórios, a empresa tem um indicativo de que talvez valha a pena investir mais nela. Dentre alguns benefícios de se calcular o ROAS estão:

  • Avaliação de desempenho médio e o retorno financeiro de suas campanhas publicitárias;
  • Obtenção de dados mais precisos para dar suporte a aumentos de gastos com anúncios, alterações no orçamento da campanha e muito mais;
  • Definição das campanhas publicitárias, anúncios mais valiosos e com melhor desempenho;
  • Obtenção de uma média de referência para seus anúncios para comparar com cálculos futuros.

>> Leia mais: Anúncios em redes sociais: o guia para começar a anunciar

Como calcular o ROAS?

A fórmula para cálculo do ROAS é simples, como você pode conferir a seguir:

Como calcular o ROAS

Imagine que sua empresa investiu R$ 1 mil em uma campanha publicitária e obteve uma receita de R$ 3 mil desses anúncios. Ao final, ao dividir o valor da receita (R$3 mil) pelo custo dos anúncios (R$1 mil), concluímos que  sua empresa obteve R$ 3,00 de retorno a cada R$1,00 investido, o que representa um ROAS 3. 

Para se obter a porcentagem de retorno, o valor deve ser multiplicado por 100, o que, no nosso exemplo hipotético resulta em 300% de retorno. É considerado um resultado muito bom, mas falaremos mais adiante sobre isso e sobre o que pode ser considerado um bom ROAS

Porém, antes de fazer a soma é preciso definir antes quais são os custos dos anúncios e o que entrará na conta. Além da plataforma específica usada para a campanha, você incluirá na conta os gastos com parceiros, colaboradores, fornecedores? 

Se optar por não incluir todos esses custos gerados pelos anúncios, isso gerará uma ROAS alto de maneira artificial, o que pode oferecer falsas perspectivas e atrapalhar sua estratégia. 

O que podemos considerar como um bom ROAS?

Nós adoraríamos ter um número mágico para dizer aqui e deixar com você o trabalho de “apenas” perseguí-lo, mas infelizmente isso não é possível. Um bom ROAS é variável e depende de algumas coisas, como o objetivo da sua campanha. Quanto maior o ROAS, melhor para a sua empresa, isso é certo. 

Em linhas gerais, o que podemos dizer é que, normalmente as empresas buscam um ROAS 4, o que significa que, a cada R$ 1 mil investidos, haja um retorno de R$ 4 mil. 

Mas, como na prática muitas vezes a teoria é outra, a média geral alcançada é um ROAS 2. Portanto, um ROAS a partir de 2 é considerado bom, e caso chegue a 1, é preciso ficar atento.  

calcular o roas
Foto de Tyler Franta no Unsplash

O que levar em consideração para definir o ROAS ideal?

Como mencionamos, é preciso analisar alguns fatores para definir o que seria um bom ROAS para o seu negócio. Deve ser levado em consideração, entre outros fatores:

E, claro, os objetivos da campanha devem ser bem definidos. Se sua empresa é nova no mercado e está em busca de reconhecimento da marca por meio da publicidade, você não deve esperar um ROAS alto, já que nesse momento o reconhecimento da marca não tende a gerar conversões imediatas. 

Além de haver um número ideal para cada empresa, há também distinção entre a pontuação esperada por setor. 

Alguns segmentos exigem um ROAS mais alto para que os gastos com publicidade valham a pena. Por exemplo, uma empresa que tenha um Valor de Vida Útil do Cliente (CLV) baixo precisa contar com um ROAS mais alto, para compensar o fato de ter receita baixa gerada ao longo da vida útil dos seus clientes. 

Dê atenção às métricas

Como você pode perceber, o ROAS é uma métrica de extrema importância para empresas que utilizam anúncios e propaganda em geral. Um ROAS alto significa que os esforços estão valendo a pena, e indica que a estratégia deve ser mantida, ou talvez até mesmo ampliada.

Por outro lado, um ROAS baixo, a depender dos objetivos da campanha, pode ser um sinal de que você está investindo errado e precisa rever suas estratégias. 

Mas, é bom lembrar que essa é uma métrica complementar e que outras devem ser analisadas em conjunto, para garantir uma visão mais abrangente e garantir melhores resultados e menos gastos desnecessários. 

Planilha + eBook: Acompanhamento de Métricas de Marketing

Você está usando as métricas corretas para medir o sucesso do seu negócio? Descubra e acompanhe dados que realmente importam

  • Sua inscrição é gratuita
  • Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade.

* Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.
Thay Abrantes

Thay Abrantes

Veja também

Marketing
Saiba quais são os principais eventos de Marketing Digital de 2023
Marketing
Principais práticas de qualificação de Leads e seus impactos em vendas
Marketing
40 exemplos de Email Marketing criativos e efetivos + passo a passo para criar os seus emails com facilidade