Como fazer um team building para melhorar a integração da equipe

Integrar os colaboradores, alinhar objetivos e melhorar a produtividade são algumas vantagens de realizar um team building

Resultados Digitais
Resultados Digitais11 de abril de 2022
Lançamento dos Panoramas de Vendas 2024

Um team building (termo que pode ser traduzido como formação de equipe) consiste em uma série de atividades, em geral realizadas fora do escritório e diferentes daquelas feitas no dia a dia de trabalho, como jogos e dinâmicas, que servem para integrar e motivar os colaboradores de uma equipe.


Manter a equipe motivada, em harmonia e trabalhando com foco em um mesmo objetivo é um desafio comum entre lideranças de qualquer área.

Uma ação que ajuda a manter a união do time é o team building, um conjunto de atividades para trabalhar a integração entre os colaboradores.

Porém, os gestores que precisam preparar um team building pela primeira vez podem ter diversas dúvidas. Por isso, preparamos esse conteúdo com dicas sobre o que é, quais são as vantagens e como organizar esse encontro. Confira!

Manual do Gerente de Marketing

Receba dicas da alta gestão de Marketing aqui da RD e ainda ganhe materiais de apoio em um kit completo para melhorar o seu desempenho.

  • Sua inscrição é gratuita
  • Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade.

* Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

O que é team building?

Um team building (em português, algo como “formação de equipe”) consiste em uma série de atividades realizadas para desenvolver as relações interpessoais entre os colaboradores que fazem parte de uma empresa.

Em negócios maiores, pode ser feito entre pessoas de determinada área, como Marketing ou Vendas. Já nas empresas menores, é possível até fazer um team building que reúna todos os funcionários.

Nos últimos anos, o team building vem ganhando espaço nas organizações, servindo como uma ferramenta para estreitar laços entre os colaboradores, alinhar objetivos e estimular o trabalho colaborativo.

Para isso, é comum que a equipe saia do escritório e participe de uma série de atividades que não fazem parte do dia a dia de trabalho, como jogos e dinâmicas. Elas são desempenhadas não por mero lazer, mas com o propósito de desenvolver as relações entre os funcionários.

Apesar de o uso corporativo ser o mais comum, o team building também pode ser realizado em outros contextos, como entre estudantes e equipes esportivas. 

Vale lembrar, ainda, que team building não é sinônimo de treinamento. Enquanto as capacitações focam em habilidades técnicas, ele é voltado para o desenvolvimento das relações interpessoais.

Por que fazer um team building?

Se bem planejada, a realização de um team building pode trazer diversos benefícios para as empresas. Confira os principais: 

  • Melhoria do clima organizacional
  • Estímulo à criatividade e à inovação
  • Redução de conflitos
  • Motivação
  • Descoberta de talentos
  • Criação de uma relação de confiança entre os colaboradores
  • Promoção do trabalho colaborativo
  • Desenvolvimento da empatia
  • Preparo para desafios
  • Alinhamento sobre os objetivos de negócio

8 dicas para organizar um team building de sucesso

Agora que você já sabe o que é e quais são as vantagens, hora de partir para a prática. Afinal, como organizar um team building que engaje a equipe? Confira as dicas:

1. Defina um objetivo

O primeiro passo é entender se realmente existe necessidade de fazer essa atividade e, em caso positivo, qual será o objetivo. Para isso, procure responder a questões como: 

  • A equipe trabalha bem em conjunto? 
  • Está alcançando as metas? 
  • O clima organizacional é bom ou ruim? 
  • Existem conflitos? 

Isso ajudará a definir os objetivos do seu team building e também a selecionar as atividades. É importante manter esse propósito em mente para que os jogos, dinâmicas e outras ações programadas não sejam feitas apenas por serem divertidas. 

Isso porque, embora seja positivo que as atividades sejam lúdicas, o lazer não é o objetivo principal do team building.

2. Troque ideias com a equipe

Apesar de a responsabilidade pela organização do team building ser da gestão, convém trocar ideias com a equipe para entender suas preferências de local e atividades.

É importante que ninguém se sinta desconfortável com o que será proposto, afinal todos devem se engajar para que o dia seja proveitoso. Além disso, como gestor, você mostrará que a opinião dos seus liderados importa.

3. Eduque os colaboradores sobre a importância do team building

Alguns colaboradores podem ser menos abertos a atividades desse tipo. Por isso, é importante que os gestores deixem todos alinhados sobre a importância desse momento.

Comunique a equipe sobre os objetivos do team building, deixando claro que a ideia é trazer melhorias para todos os envolvidos.

4. Escolha um local

O ideal é que as atividades sejam feitas fora do escritório, para que a equipe se desconecte do trabalho. Se ela passa o dia em frente ao computador, que tal fazer um team building perto da natureza, por exemplo?

Se não for possível, procure ao menos reunir a equipe em um local que não seja o que é usado para o trabalho todos os dias, como em um auditório ou sala de reunião, que podem ser organizados para proporcionar um ambiente acolhedor.

Hoje, existe também a possibilidade de fazer um team building remoto, afinal muitas equipes trabalham em home office. Nesse caso, estimule o time a pausar outras tarefas e a focar somente na aba em que o encontro está sendo conduzido. 

Team building marketing RD Station
Team building do time de Marketing da RD Station reuniu colaboradores na sede e, também, remotamente

5. Escolha as atividades

Além de experimentar um novo ambiente, é fundamental que as tarefas sejam inovadoras e diferentes daquelas feitas no dia a dia.

Algumas empresas contratam um facilitador externo, que sugere atividades. Nesses casos, é importante que essa pessoa trabalhe em conjunto com os gestores para definir uma programação que vá ao encontro das necessidades da equipe.

Um team building genérico até pode trazer algum resultado, mas atividades customizadas certamente são bem mais impactantes. Elas podem incluir jogos, brainstormings, desafios. 

Essas possibilidades se estendem aos times remotos. Durante a pandemia, diversas ferramentas que permitem integrar equipes que trabalham a distância ganharam popularidade. Com elas é possível engajar as equipes em jogos e happy hours, por exemplo.

6. Seja inclusivo

Falamos que é interessante fazer o team building em um local fora da empresa, se possível, mas é preciso se certificar de que ele é adequado para todos os colaboradores.

É importante que o lugar escolhido seja acessível para toda a equipe. Se o seu time tem pessoas com mobilidade reduzida, é preciso dar atenção especial a esse ponto. Isso se aplica não só ao local de realização do team building, mas também às atividades. 

É claro que a ideia é que todos saiam um pouco da zona de conforto, mas cuidado para não promover exclusões ou constrangimentos. Nesses casos, o evento pode ter o efeito contrário e acabar desmotivando a equipe.

7. Defina um roteiro

Colaboradores engajados, local escolhido e atividades definidas? Então é hora de escrever o roteiro do team building. 

Anote a programação para o dia ou período, listando o horário em que cada uma será feita. Lembre-se de incluir pausas para o almoço e café. Isso torna o evento menos cansativo e estimula que a equipe interaja.

8. Peça feedbacks

Depois do team building, é importante pedir feedbacks para a equipe. Isso pode ser feito por meio de um formulário anônimo, o que deixa os colaboradores mais à vontade para serem sinceros. A ideia é usar esses retornos para melhorar as dinâmicas futuras.

E quando planejar os próximos? Há equipes que fazem um team building a cada trimestre ou semestre. O que vai dizer qual é a periodicidade ideal são as necessidades que você identificar no dia a dia. 

Além disso, se houver alta rotatividade de colaboradores, pode ser legal realizar o encontro com mais frequência, para integrar os novos membros.

Vá além do team building na gestão

Gostou dessas dicas? Se você quer continuar se desenvolvendo como liderança, baixe gratuitamente o kit Manual do Gerente de Marketing, que traz planilhas, templates e mais para estabelecer uma rotina de gestão e apoiar o seu time. É só preencher o formulário abaixo para acessar o material, que traz dicas de profissionais experientes da RD Station e pode fazer a diferença na sua carreira!

Manual do Gerente de Marketing

Receba dicas da alta gestão de Marketing aqui da RD e ainda ganhe materiais de apoio em um kit completo para melhorar o seu desempenho.

  • Sua inscrição é gratuita
  • Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade.

* Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.
Resultados Digitais

Resultados Digitais

Quem escreveu este post

Resultados Digitais é o portal de conteúdo, mídia e educação da RD Station, líder no desenvolvimento de software (SaaS) voltado para o crescimento de médias e pequenas empresas. Sua plataforma de automação de Marketing e Vendas é líder no Brasil e soma mais de 50.000 clientes, em mais de 40 países.

Veja também

Marketing
Como implementar o Inbound Marketing na área da saúde + 3 dicas práticas
Marketing
O que faz um Social Media e tudo o que é preciso saber para ser um profissional de sucesso na área
Marketing
Anúncios no Facebook: conheça dicas e 11 melhores exemplos de como fazer