O que é uma Eugência e como crescer para se tornar uma Agência de Marketing?

As eugências - agências de marketing de uma pessoa só - fazem parte de um movimento de profissionais qualificados em marketing digital que criaram o próprio negócio do zero e estão crescendo no mercado. Saiba como consolidar sua empresa!

Maurício Fernandes
Maurício Fernandes19 de fevereiro de 2024
Marketing Day 2024: Inscreva-se!

Para aproveitar as oportunidades do mercado e as facilidades de trabalho que a internet possibilita, temos visto um movimento muito grande de profissionais buscando uma dinâmica própria de atendimento a clientes com serviços de marketing digital (a famosa eugência). Muitas delas conseguiram crescer e se tornar agências de marketing.

Meu nome é Maurício Fernandes, sou sócio e CEO da Agência Auckland, e posso afirmar: É possível começar do zero como eugência e evoluir para a agência de marketing que você tanto sonha. Essa foi a minha trajetória e ficarei muito feliz em compartilhar as melhores dicas nesse texto.

Bora entender como criar seu negócio de marketing digital do zero e decolar? Então vamos lá!

O que significa eugência?

O termo eugência foi criado pelo mercado para simbolizar uma agência de uma pessoa só. Ou seja: Combinando as palavras Eu + Agência, significa que o único profissional desta empresa é responsável por todos os processos, desde o atendimento ao cliente até as tarefas administrativas.

A expressão surgiu para facilitar o entendimento sobre esse modo de atuação, que é uma grande tendência. As eugências são profissionais qualificados em marketing digital que ganharam destaque em seus nichos de atuação pela qualidade do trabalho e espírito empreendedor.

Quem pode ser uma eugência e como começar?

Diferente de ser apenas um freelancer, a responsabilidade de se tornar uma eugência é um pouco maior. Isso porque nesse modo de trabalho, existe uma expectativa diferente por parte dos clientes, que esperam uma postura profissional muito maior.

Contudo, quem consegue entrar nessa dinâmica acaba aproveitando muitos benefícios, como trabalhar para o próprio negócio, criar todos os processos e aplicar as próprias ideias, sem depender do envolvimento direto de outras pessoas.

Afinal, quem aqui não gosta da ideia de ser seu próprio chefe? Pois é! Como eugência, ninguém está acima de você no organograma, o que dá liberdade para trabalhar como quiser (conforme os acordos com seus clientes, é claro, como falaremos mais a frente).

Outra vantagem muito interessante é a possibilidade de aumentar seus ganhos. O fato de poder trabalhar para algumas empresas ao mesmo tempo, faz com que o seu faturamento multiplique conforme sua capacidade de conquistar clientes.

De modo geral, qualquer pessoa pode ser uma eugência se seguir as premissas necessárias para essa atuação. Veja a seguir como você também pode se tornar uma:

Como abrir uma eugência?

O primeiro passo que recomendo para começar a operar como uma eugência é ter uma oferta clara de serviços e um posicionamento intencional dentro do seu networking, possibilitando que seus primeiros clientes recorrentes apareçam.

Por exemplo: Isso pode ser feito estruturando uma landing page informativa sobre os serviços que você presta e compartilhando com a sua rede de contatos, anunciando seu objetivo de atender novos clientes e abrindo portas para conversas.

Assim que fechar com o primeiro cliente, você precisará elaborar um contrato de prestação de serviços, com todas as cláusulas de escopo de trabalho, pagamentos, entre outros detalhes importantes para o seu negócio.

Pronto! Com um contrato de serviços recorrentes assinado com o primeiro cliente, você já pode, com muito orgulho, se chamar de eugência.

💡Dica da RD: Se você está começando agora e precisa de uma ajuda extra no processo, faça o BOOST: A formação completa e gratuita da RD que vai te ajudar a estruturar desde o modelo de negócio até a parte financeira e comercial de agências e eugências!

Boost: Curso de formação para eugência e agência de marketing

Preciso ter um CNPJ?

Não é totalmente necessário, pois você poderá emitir nota fiscal de prestação de serviços como pessoa física na prefeitura da sua cidade e receber normalmente na sua conta de pessoa física.

Contudo, minha recomendação é que você faça sim um CNPJ, podendo começar como MEI - Microempreendedor Individual e depois evoluindo para outras categorias conforme seu faturamento começa a aumentar.

O maior motivo de ter um CNPJ para a eugência, é o modo como você irá se relacionar com seus clientes, os quais terão uma percepção de muito mais profissionalismo sobre o seu trabalho. Em outras palavras, as pessoas te levarão mais a sério.

Além disso, questões como uma conta bancária PJ, a possibilidade de contratação de funcionários para escalar a operação, entre outras vantagens, fazem do CNPJ algo necessário para o crescimento.

Devo usar meu próprio nome ou criar uma marca?

Quando eu comecei lá em 2017, eu já tinha a intenção de que, no futuro, seria uma grande agência. Por isso, o nome já havia sido criado e mesmo que eu fosse uma empresa de uma pessoa só, já me apresentava como CEO da Agência Auckland.

Parece um pouco estranho, não é mesmo? CEO de si mesmo, alguns podem até fazer uma piadinha inocente. Contudo, para mim isso teve grande influência e criar uma marca para a minha agência, desde o início, foi fundamental.

Por outro lado, eu já vi diversos exemplos de profissionais que começaram com o próprio nome e criando suas marcas somente depois de crescer o negócio.

Portanto, criar uma marca ou não, depende de cada caso. Imagine que hoje mesmo você tem a sua primeira reunião com um potencial cliente, como você prefere se apresentar? Dê ouvidos para a sua intuição e siga ela, afinal, essa é uma das maiores virtudes de quem empreende.

Quais as melhores dicas para otimizar resultados de uma eugência?

Na medida em que você começa a conquistar alguns clientes, entenderá que ter uma eugência exige muito mais do que simplesmente realizar algumas entregas.

Isso porque fazer a gestão dos clientes, produzir, cuidar do financeiro, prospectar novos negócios e, ainda, ter uma vida fora do trabalho, pode ser um dos maiores desafios de quem está começando.

Para te ajudar com isso tudo, vou compartilhar algumas dicas para melhorar seus resultados e manter a rotina de uma eugência em ordem. Confira a seguir:

Tenha uma rotina de trabalho organizada

Minha ferramenta mais poderosa no dia a dia, tanto hoje quanto lá no começo, é a agenda do Google. Nela, eu colocava horários específicos para todas as atividades da semana, algumas delas já programadas com recorrência para facilitar.

Como eugência, você executa tudo sozinho, portanto o tempo é limitado ao seu dia de trabalho. Assim, ter uma organização da agenda e disciplina no cumprimento dos horários, é primordial para que as coisas corram bem.

💡 Aproveite esse kit gratuito com 8 templates de planejamento para sua eugência ganhar produtividade

Aprendizado contínuo para poder crescer

Diferente de uma atividade como freelancer, onde você é contratado para uma demanda específica e pronto, o cliente tem uma expectativa muito maior de uma eugência.

Uma empresa que te contrata de forma recorrente, vai contar com uma parceria importante para o crescimento, por isso, é fundamental que você esteja constantemente estudando novas estratégias, tendências e ferramentas para propor ideias constantemente.

Caso contrário, o cliente perderá a motivação de estar com você e, como consequência, será muito mais difícil evoluir de eugência para agência, pois um dos pilares para isso acontecer é o LTV dos clientes, como explicarei mais adiante.

Invista em ferramentas de produtividade

Quando somos eugência, com faturamento ainda modesto, qualquer custo extra dói mais do que deveria. Contudo, um dos meus maiores erros lá no começo foi demorar para investir em algumas poucas ferramentas que economizam tempo.
Por exemplo, usar o RD Station Marketing é uma ótima opção para agendar posts e criar um planejamento de inbound marketing de qualidade. Além disso, o sistema possui também novas funcionalidades de IA que, se existissem lá em 2017, com certeza iriam acelerar o crescimento da Auckland.

Quais os desafios que uma eugência pode enfrentar?

Com as possibilidades que o marketing digital oferece atualmente, existem muitas oportunidades para profissionais qualificados se destacarem e criarem suas próprias eugências. Contudo, ser dono de uma empresa exige uma dinâmica diferente, com os desafios que o empreendedorismo leva consigo.

Um dos pontos de maior preocupação de quem está começando é a instabilidade financeira. Trabalhar como funcionário em uma empresa mais estável, traz aquela segurança na rotina. Já em uma eugência, você está um pouco mais vulnerável e um churn inesperado pode impactar significativamente na sua renda.

Para contornar essa situação, é necessário criar um planejamento com uma reserva financeira de pelo menos seis meses dos seus custos pessoais garantidos, até que sua eugência se estabeleça e minimize os riscos iniciais de um negócio.

Outra estratégia importante é conquistar seu primeiro cliente antes de sair do trabalho atual (é claro, deixando claras as suas intenções com a empresa onde está hoje). Dessa forma, não existirá um momento zero sem renda, o que é um grande alívio nas preocupações de quem está começando uma empresa.

Além desse lado das finanças, uma eugência também poderá enfrentar desafios como gestão de uma carteira de clientes com diferentes expectativas, dificuldade para lidar com burocracias como contratos e cobranças, falta de processos bem estruturados, entre outros.

É importante lembrar sempre que você está empreendendo, que isso tudo é natural e que vai te exigir um pouco mais de resiliência e jogo de cintura. Uma boa dica para amenizar os desafios, é ter empresas e pessoas com quem contar, como uma contabilidade para assuntos burocráticos, outras eugências para trocar ideias ou então mentores que já passaram pelos mesmos desafios e podem compartilhar as experiências que tiveram.

Apesar de uma eugência ser uma empresa de uma pessoa só, isso não significa que você precisará descobrir e lidar com tudo sozinho. Muito pelo contrário, criar uma rede de apoio profissional (também conhecida como networking) será de grande ajuda.

💡Dica da RD: O Clube de Agências RD Station é um excelente espaço para construir esse networking com outras agências e eugências. Faça parte!

Comunidade gratuita para eugência e agência - Clube de Agências RD Station

Como evoluir a sua eugência para uma agência?

Agora que você já entendeu o que é uma eugência, quais os desafios dessa jornada e também suas oportunidades e benefícios, vamos entender onde essa “brincadeira” pode chegar e quais os passos para evoluir.

De fato, não é todo mundo que tem as skills necessárias para empreender. Assim como se aprende a criar um e-mail marketing no RD Station, empreendedorismo também pode ser estudado e praticado. Contudo, com bastante dedicação, você “correrá o risco” de se tornar um pessoa de grande sucesso nos negócios.

Existem dois caminhos muito claros que podem ser seguidos por uma eugência. O primeiro é continuar operando em carreira solo, evoluindo seus serviços para consultorias mais estratégicas de ticket médio mais alto e atendendo uma quantidade de clientes dentro de uma carga horária de trabalho.

Outro caminho é evoluir de eugência para agência. Isso acontece quando contratamos o primeiro funcionário, ou então, como foi o nosso caso, encontramos uma pessoa para ser sócia do negócio e ajudar a formar equipe. Caso essa seja sua opção confira a seguir os pontos-chave para evoluir e prosperar:

LTV é a coisa mais importante de uma eugência

Se você pensa em evoluir de uma eugência para agência um dia, sua operação deve estar muito focada na retenção de cada cliente pelo máximo de tempo possível, ou seja, seu LTV (lifetime value) precisa ser alto.

Isso é conquistado com uma série de pilares no atendimento ao cliente, como entregar bons resultados, cumprir prazos, apresentar ideias, nutrir os relacionamentos, saber montar e apresentar relatórios, entre outros detalhes.

Dessa forma, você irá garantir uma previsão de crescimento da sua agência e proporcionar confiança para investir em pessoas, que é o próximo assunto.

Contrate pessoas qualificadas e de confiança

Ter profissionais confiáveis, cuidando e produzindo com qualidade para seus clientes, talvez seja uma das maiores conquistas que uma eugência consiga alcançar.

Nessa etapa você irá descobrir a importância da liderança e da gestão de pessoas, mas é isso que vai sustentar todas as outras áreas da agência e levar o seu negócio para o próximo nível, viabilizando a estrutura de uma produção que dê conta do crescimento de clientes.

Entenda a diferença entre faturamento, lucro e salário

Um dos erros que mais pode prejudicar uma empresa é não entender que faturamento é uma coisa e salário é outra. Quando somos eugência, é tudo muito mais simples. O que entra, menos os pequenos custos de atendimento, é o equivalente ao salário. Certo?

Porém, ao agregar mais pessoas, processos e clientes ao seu negócio, a organização financeira precisa se adequar. Isso significa que o faturamento não será mais sinônimo de renda pessoal e você precisará definir de forma inteligente qual será o próprio salário fixo. Após o pagamento de todos os salários (o seu e o da equipe), dos impostos e das demais contas da empresa, o que sobrar é lucro.

Caso tenha lucros acumulados ao longo do tempo e não comprometa o fluxo de caixa da empresa, essa sobra poderá ser distribuída como dividendos ou reinvestida na própria operação para crescer ainda mais rápido.

Faça parte do programa de parcerias da RD Station

Na medida em que sua agência evolui, uma dica que eu gostaria de ter recebido lá no começo é fazer parte do programa de parcerias da RD Station.

O Inbound Marketing é uma estratégia que vai além da atuação básica do marketing digital e o ecossistema de agências da RD Station proporciona uma experiência muito enriquecedora que vai acelerar seu crescimento nessa área. Esse foi um grande divisor de águas aqui na Auckland em 2021 quando entramos para o programa e garanto que sua agência também pode se beneficiar muito.

Programa de Parcerias RD Station
Maurício Fernandes

Maurício Fernandes

Veja também

Agências
Dia do Cliente: saiba o que é e veja dicas de ações para comemorar a data
Agências
8 regras sobre gestão de negócios da série “O Sócio” que podem ser aplicadas na sua agência
Agências
Máquina de Crescimento: a metodologia da Resultados Digitais que pode ajudar no crescimento escalável da sua agência