Acesse sua conta

Blog de Marketing Digital de Resultados

RD Station: Tudo o que precisa saber sobre Marketing Digital e Vendas

7 passos para criar um manual de produção de conteúdo para o blog da sua empresa

A produção de conteúdo para o blog da sua empresa deve ter lugar especial na lista de prioridades. É provável que já tenha lido, escutado ou até mesmo falado que no Marketing Digital o conteúdo é rei, portanto, é fundamental dar o reconhecimento que qualquer majestade merece.

Dar atenção ao conteúdo do blog não significa investir na contratação de um verdadeiro exército de produtores de conteúdo. É provável que dentro da sua própria empresa, tenha profissionais alinhados com a cultura do seu negócio e com interesse em partilhar conhecimento com a sua audiência. Além de minimizar os custos, dessa maneira, garantirá um conteúdo para o blog da sua empresa, que respondem as necessidades dos seus clientes e audiência.

Para garantir que a produção de conteúdo para o blog da sua empresa seja feita da melhor maneira, é muito importante criar um padrão para as publicações. Elaborar um manual vai ajudar a deixar o blog mais organizado e com aspeto profissional.

Vamos direto ao assunto e conferir os principais pontos que deve seguir para desenvolver uma manual de produção de conteúdo para o blog da sua empresa.

1. Personas

O assunto (persona) já foi abordado algumas vezes no blog e, sem dúvida, muitos outros posts sobre o tema vão surgir. Isso porque, numa estratégia de Inbound de Marketing, é indispensável trabalhar e saber exatamente quem são as personas do seu negócio e a etapa na qual estão na jornada de compra.

Dessa maneira, escrever um post torna-se muito mais simples, afinal saberá exatamente quem vai ler aquele conteúdo e as suas necessidades. Pense nas respostas para as seguintes perguntas quando estiver a planear o conteúdo:

  • Qual é a idade da audiência?
  • Qual tipo de informação ele está a buscar?
  • Qual é a sua formação?

Os questionamentos acima são apenas alguns de muitos que podem surgir durante a redação. Por isso, saber respondê-los trará a facilidade na redação e o direcionamento correto, independentemente de quem esteja a escrevê-lo.

2. Gramática

Uma prática bastante comum dos ‘media’ tradicionais é a criação de um Manual de Redação. O documento ajuda a manter uma linguagem uniforme entre todos os jornalistas. Quando o assunto é a produção de conteúdo para o blog da sua empresa, também é importante trabalhar neste guião que pode esclarecer algumas dúvidas comuns sobre gramática, a forma correta de fazer uma abreviatura, o uso da crase, entre outras dúvidas comuns.

Além disso, vale identificar e criar um padrão para alguns termos comuns do seu segmento. Na RD Station, por exemplo, optamos por escrever Leads, Landing Pages, Email Marketing, sempre a iniciar com letras maiúsculas, em qualquer um dos nossos conteúdos.

Considere o seu Manual de Redação como um documento em constante atualização, afinal, há sempre novas expressões no mercado e é importante definir como vai ser feito na sua produção de conteúdo. 

3. Estilo da escrita e tom de voz

Como será o estilo do texto do blog da sua empresa? A produção de conteúdo é algo bastante flexível. Exatamente por isso, é preciso analisar e definir como vai ser o tom de voz das suas publicações.

Informal? Formal? Descontraído? Jovem ou maduro? Há uma série de características que mudam por completo a produção de conteúdo. Na RD Station usamos um tom leve, porém, se acompanha as nossas publicações, sabe que tratamos a nossa audiência por você e não por tu, por exemplo.

4. Estrutura do conteúdo

Além de deixar claro para os seus funcionários, que vão trabalhar na produção de conteúdo para o blog da sua empresa, quais são os melhores os termos, para quem escrever e com que estilo, também é de grande importância orientar a equipa relativamente as diversas estruturas de conteúdo que podem ser utilizadas.

Dentre as opções abaixo, quais seriam as mais interessantes ter no seu blog?

  • Guias de como fazer;
  • Lista de melhores/ maiores;
  • Debates sobre temas polémico;
  • Conteúdos divididos em série;
  • Notícias sobre a sua empresa ou setor;
  • Entrevistas com profissionais de destaque na área;
  • Infográficos;
  • Resenhas sobre produtos ou serviços;
  • Listas de “prós e contras” de algum tema;
  • Conteúdo em áudio;
  • Conteúdo em Vídeo;

À medida que descobrir novos formatos de disponibilizar o conteúdo e, principalmente, que perceba que foi interessante para a sua audiência, pode aumentar a sua lista com novas ideias.

5. Imagens

O texto é a parte mais importante na produção de conteúdo para blog. No entanto, não podemos deixar a parte visual de lado. As imagens e outros elemento visuais fazem toda a diferença no resultado da sua publicação e isso precisa seguir um certo padrão.

produção de conteúdo

Se a sua empresa não dispõe de imagens próprias para este fim, pesquise por alguns bancos de imagens que possam ajudar. Claro que, se há orçamento que possibilite a compra de fotos, melhor, mas também é possível conseguir boas imagens gratuitas em sites como o pexels ou unsplash, por exemplo.

Faça uma lista com os melhores sites para o seu segmento e inclua no manual de produção de conteúdo para o blog da sua empresa.

É importante também detalhar o tamanho em que as imagens devem ser utilizadas, onde devem ficar hospedadas e como podem ser disponibilizadas ao longo do material.

6. Exemplos práticos

Lembre-se que, por ser um manual, o seu material deve ser objetivo, prático e didático. Quando for possível, inclua exemplos de como fazer e também práticas que devem ser evitadas.

Quanto mais específico for o guia, maior a hipótese de ter o estilo do blog incorporado no processo de criação dos seus colaboradores e, por consequência, de ter um conteúdo profissional.

7. Fontes de referência

Para produzir conteúdo de qualidade, certamente  recorrer a blogs, sites e até livros como referência.  Citar alguns destes materiais é uma forma de validar a informação e manter o tom profissional do seu blog.

De forma a garantir que os colaboradores vão buscar as informações certas, em fontes confiáveis e seguras.  Uma ferramenta que pode ajudá-los nisso é a Netvibes. Inclua no serviço a assinatura RSS dos endereços úteis que podem ser acompanhados por lá.

Não se esqueça de fazer uma lista com sites importantes no seu setor para estar a par dos assuntos mais importantes. Liste também as fontes que não valem a pena de serem consultadas, assim como tópicos polémicos que devem ser evitados nos conteúdos.

A partir destes 7 passos conseguirá desenvolver um material de produção de conteúdo para o blog da sua empresa e criar uma verdadeira redação com os seus colaboradores.

Quer saber mais sobre como publicar um blog post de sucesso? Confira este checklist completo!

Marcadores:

Deixe seu comentário