Planejamento de carreira: como traçar um plano que auxilia no crescimento profissional

Um planejamento de carreira é essencial para qualquer colaborador, bem como para as empresas que desejam trilhar um caminho rumo ao sucesso

Alexandre Souza Tili
Alexandre Souza Tili31 de março de 2022
Lançamento dos Panoramas de Vendas 2024

O plano de carreira é uma maneira inteligente de trilhar um caminho profissional, em que a empresa e o colaborador andam lado a lado em prol de objetivos alinhados. Utilizá-lo em uma organização também é uma forma de aumentar a retenção de talentos e valorizar o desempenho dos funcionários.

A execução de um planejamento de carreira, entretanto, depende não só da companhia, mas também da gestão e do objetivo de carreira de cada profissional. Isso porque, ainda que a empresa desenvolva um bom programa, caso o colaborador não consiga realizar o seu trabalho da maneira adequada, não tenha desejo de evoluir profissionalmente ou não atinja as metas, esse plano pode não ser tão eficiente. 

Sabendo que esse tema é uma dúvida para muitos profissionais e para muitas empresas, nesse artigo vou falar sobre:

  • O que é um plano de carreira?
  • Quais são os tipos de carreira que o profissional pode seguir?
  • O plano de carreira também gera benefícios para as empresas;
  • Quais são os passos para montar o plano de carreira?

Vamos lá? Continue lendo para entender como um planejamento de carreira é extremamente útil tanto para as empresas quanto para os profissionais. Seja qual for o seu caso, tem informações relevantes a seguir.

Acesse a RD University

O que é um plano de carreira?

O plano de carreira é um programa que tem a sua estrutura moldada para definir o caminho que poderá ser seguido por cada um dos colaboradores na empresa onde trabalham. É por meio dele que as competências necessárias são definidas, as expectativas são alinhadas e a estrada é desenhada.

É importante que a empresa tenha em mente que o plano deve ser formulado com o objetivo de atrair e, também, reter talentos. Ainda assim, precisa levar ao funcionário a possibilidade de se desenvolver pessoal e profissionalmente. 

Dessa forma, ao conhecer e se adaptar ao plano, o colaborador poderá compreender quais etapas serão necessárias para chegar a um nível hierárquico específico dentro da empresa e atingir novos níveis de crescimento na carreira.

>> Leia mais: Como começar no Marketing Digital: tudo o que você sempre quis saber para dar os primeiros passos

Planejamento de carreira

Quais são os tipos de planejamento de carreira?

Um planejamento de carreira é essencial para qualquer colaborador, bem como para as empresas que desejam trilhar um caminho rumo ao sucesso. Nessa perspectiva, além de saber o que, de fato, é um plano de carreira, também há a necessidade de conhecer quais são os tipos de carreiras que os profissionais poderão seguir durante a jornada profissional.

Plano em Y

O plano em Y toma como base o desenho dessa letra, sugerindo que, em um cargo determinado, o funcionário poderá encontrar dois objetivos distintos. Dessa forma, existe a possibilidade de uma livre escolha, tomando como base os interesses do próprio colaborador. 

Entre esses dois caminhos, será necessário escolher entre:

  • seguir a carreira como um especialista;
  • seguir a carreira como um gestor.

O plano em Y é muito utilizado pela área de pesquisa e desenvolvimento profissional, principalmente nas Agências de Marketing. Isso porque dá possibilidades e ajuda a entender as aspirações dos colaboradores para que, assim, as empresas sigam um caminho em que todos estão motivados e engajados com o programa. 

>> Leia mais: Gestão de Marketing: passo a passo para estabelecer processos completos na área

Plano em W

O plano de carreira em W é um pouco semelhante ao Y, mas oferece um caminho a mais. Em vez de escolher ser um especialista ou um gestor, o colaborador pode optar por ascender para gestor de projetos.

Ainda que não vá se mostrar um líder tradicional, que seja o principal responsável pelo desenvolvimento de outros colaboradores, ele poderá acompanhar, de forma pontual, o desempenho de seus colegas de trabalho em relação a um projeto específico. 

Sua principal ocupação é a de oferecer feedbacks em uma zona mais técnica, além de atuar de uma maneira consultiva.

Plano em rede

O plano em rede também não deixa de ser mais uma variação do plano em Y. No lugar de almejar apenas duas opções de cargos, o colaborador terá a possibilidade de se deparar com uma grande quantidade de opções para a sua carreira, fazendo com que ele esteja sempre motivado.

No entanto, para que esse tipo de plano seja viável, é importante que haja uma definição de metas capazes de determinar se um colaborador está, ou não, apto para avançar na sua trajetória. O principal objetivo é que o profissional seja capaz de evoluir para um determinado cargo, mas sem desconsiderar as próprias habilidades ou interesses.

O plano de carreira dos colaboradores também gera benefícios para a empresa

O plano de carreira não gera benefícios, unicamente, para os colaboradores. As empresas também podem usufruir das vantagens que esse tipo de planejamento traz. Por meio da aplicação dessa metodologia, há a possibilidade de diminuir o turnover voluntário. Isso quer dizer que as chances de um determinado funcionário pedir demissão são bem menores.

Outro ponto muito importante sobre a implementação do planejamento de carreira é que ele aumenta a produtividade, dado o comprometimento e a vontade dos colaboradores em atingir as metas propostas no plano. 

Por fim, a implementação do plano também traz uma visão de confiança e comprometimento para as organizações, dada a baixa demanda de solicitação de demissões.

>> Leia mais: Plano de Desenvolvimento Individual: conheça o PDI, metodologia para potencializar vida e carreira

Quais são os passos para montar o plano de carreira?

Após compreender tudo sobre a importância do plano de carreira e como ele beneficia tanto empresas quanto colaboradores, confira os principais passos para montá-lo:

  1. Entenda o cenário atual do mercado e as aspirações dos seus colaboradores para definir as progressões profissionais;
  2. Separe os principais pontos fortes e fracos de cada profissional ou equipe, para personalizar ao máximo o plano de carreira; 
  3. Defina metas alcançáveis e alinhadas aos objetivos da companhia e do profissional;
  4. Forneça treinamentos e o suporte necessário para que todos possam aprimorar seus pontos fracos e desenvolver habilidades - afinal, todos são beneficiados com o atingimento das metas;
  5. Realize avaliações contínuas e forneça feedbacks periódicos para manter a evolução constante.

O planejamento de carreira, implementado através de um plano, é essencial tanto para os funcionários quanto para as empresas. Por isso, comece a usar essa metodologia para garantir o sucesso das relações.

Turbine a sua carreira com a RD University

Seja qual for o plano de carreira escolhido, é importante que o estudo esteja sempre entre as prioridades. Em se tratando de Marketing Digital e Vendas, por exemplo, há uma constante atualização de práticas e conhecimentos. 

Assim, vale incluir cursos e treinamentos no seu planejamento de carreira. Uma boa opção é a RD University, que oferece, atualmente, mais de 20 opções de aprendizado - inclusive algumas gratuitas. Clique no banner abaixo para conhecer todos os cursos disponíveis, que contam com professores de renome no mercado e experiência na prática.

Acesse a RD University
Alexandre Souza Tili

Alexandre Souza Tili

Veja também

Marketing
3 dicas para escrever um email comercial que as pessoas respondem
Marketing
Backlinks: o que são, para que servem e por que são importantes para SEO
Marketing
Ciclo PDCA: como melhorar seus resultados através desse método de gestão