Motivos para sua página não estar sendo exibida pelo Google

André Siqueira
André Siqueira25 de março de 2020
Lançamento dos Panoramas de Vendas 2024

Alguns motivos da sua página não estar sendo exibida pelo Google são: não ter links de outras páginas apontando para a sua; sua página pode estar configurada com a Tag rel=”NoFollow”, que é uma instrução para o Google ignorar a sua página; seu site pode ter recebido uma punição do Google.


Uma dúvida que com alguma frequência ouvimos em SEO é “porque minha página não está aparecendo no Google?”.

Existem alguns aspectos importantes na forma como as ferramentas de busca descobrem e indexam conteúdo e negligenciar esses itens pode fazer com que alguns conteúdos do seu site fiquem de fora.

Para fugir desse problema, complementando nosso último post sobre os benefícios de um Sitemap XML e como criar um para sua empresa, listamos abaixo alguns itens que podem fazer com que uma página não seja listada pelo Google. Confira:

eBook O Guia Completo do SEO

Tudo o que você precisa saber para ficar na primeira página do Google e atrair mais visitantes qualificados

  • Sua inscrição é gratuita
  • Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade.

* Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

Não há links em lugar nenhum para a página que você quer que seja exibida

O Google e outras ferramentas de busca só encontram um conteúdo quando ele é recomendado e isso é feito através do Sitemap e, principalmente, de links.

Se não houver links para a página, dificilmente ela será indexada pelas ferramentas de busca. Por isso, é sempre indicado que todo site e blog faça um trabalho de linkagem interna, pois além de dar mais insumos para o leitor, também direciona o Googlebot para outras páginas, auxiliando no trabalho de rastreamento.

Além disso, fazer a linkagem interna juntamente com um trabalho bem executado de link building podem ajudar a aumentar a reputação e autoridade da sua página tendo maiores chances de não somente aparecer nos mecanismos de pesquisa, mas também de torná-la melhor posicionada visto que links são um fator de classificação do Google.

Páginas exibidas somente após o preenchimento de formulários

Os robôs que fazem a varredura atrás de novos links não conseguem preencher um formulário e identificar qual conteúdo aparece em seguida. Assim, qualquer conteúdo ou link que só é acessível através de um formulário é considerado invisível para os motores de busca.

Para melhor ilustrar, basta pensar no exemplo clássico, que ainda vemos muitas vezes, de páginas que exigem logins de usuários para continuar sua navegação.

Links inseridos em um código JavaScript, Flash, plug-ins, PowerPoint e PDF

Cuidado com utilização de javascript nos links do seu site. É bem possível que as ferramentas não estejam rastreando ou estejam passando um peso muito pequeno para os links inseridos dentro delas, que podem acabar não sendo indexados.

Do mesmo modo, os links inseridos dentro de Flash e outros plug-ins costumam ser invisíveis para as ferramentas de busca. Os buscadores estão fazendo progressos para detectar esse tipo de link, mas por hora, evite confiar demais nestes avanços.

As ferramentas também raramente relatam ligações em arquivos de PowerPoint e PDF.

Links para a página usando a Tag rel="NoFollow"

A utilização do atributo “nofollow” nos links para a página funciona como uma instrução para a ferramenta de busca não seguir a recomendação e ignorar o link.

Já o uso desse mesmo atributo como meta tag na própria página é ainda pior: serve como proibição para as ferramentas de busca indexarem o conteúdo.

Excesso de links em uma Página

O Google tem uma diretriz em que sugere o padrão de até 100 links por página. Esse número é indicado para não sobrecarregar a leitura dos robôs de busca, que passam a ignorar quando o número de links é excessivamente alto.

Este “limite”, na verdade, é um pouco mais flexível, e dependendo da autoridade da página pode chegar a 150 ou mesmo 200 links sem grandes prejuízos. No entanto, é prudente limitar este número e evitar o risco de ter urls que são importantes para sua empresa fora da indexação.

Seu site recebeu uma punição

Se seu site utiliza-se de black hat (técnicas maliciosas para obter melhores posições), é possível que ele tenha sofrido uma punição do Google.

Para confirmar isso, procure por uma página que já seja popular (como a Home do site, por exemplo). Se ela não estiver sendo exibida e o motivo não for nenhuma das causas acima, tente identificar o motivo da penalidade, corrigir e fazer o pedido de reconsideração.

André Siqueira

André Siqueira

Quem escreveu este post

Co-fundador da Resultados Digitais, líder de automação de Marketing na América Latina e nos 8 primeiros anos da empresa liderou a criação e escalada da área de Marketing, tida como referência no Brasil. Do Marketing partiu para uma nova unidade de negócios, focada no desenvolvimento de um produto de educação. Pela RD se tornou também Empreendedor Endeavor e recebeu os prêmios de Empreendedores do Ano pela Endeavor (2017) e pela Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios na categoria serviços (2015). Também foi eleito um dos Forbes Under30 em 2019. Formado em administração pela Universidade Federal de Santa Catarina, foi professor de marketing digital na pós gradução da PUC RS, Be Academy, Estácio (SC) e Sustentare. Também foi eleito o profissional do ano em Inbound Marketing três vezes consecutivas pelo Prêmio Digitalks (2016, 2017 e 2018).

Veja também

Marketing
Carreira em startup: 9 dicas para você crescer junto com a empresa + um plano de ação para chegar lá
Marketing
Spotify testa anúncios clicáveis para podcasts
Marketing
Como o RD Station ajudou o Consórcio Magalu a realizar mais sonhos de seus clientes