Marketing Digital de moda: a combinação perfeita para sua marca vender mais

Aprenda a construir uma estratégia de Marketing Digital de moda para a sua loja física ou virtual, desde a criação da persona até a Automação de Marketing

Lisia Weber
Lisia Weber4 de fevereiro de 2021
Panoramas de Marketing e Vendas 2024

Quem nunca passou por uma vitrine (ou site), se apaixonou por uma peça e comprou na hora, sem nem reparar muito no preço? Mesmo as pessoas mais controladas têm alguns itens adquiridos por impulso no armário, não é?

O mundo da moda tem como base esse desejo: uma roupa tão linda que você não consegue imaginar a sua vida sem ela. Uma peça tão estilosa que é capaz de mudar sua atitude quando você a veste.

Sabemos que no mercado de moda uma vitrine (ou um feed) impecável é fundamental. A pergunta que fica é: será que o Marketing Digital tem espaço nesse mercado movido por impulso? A resposta simples é: tem sim!

Precisamos entender que existem compras feitas por impulso (e podemos trabalhar várias estratégias para estimulá-las), mas também existem compras que exigem uma “preparação” maior.

Quer um exemplo? Um vestido de madrinha de casamento. A cor pode até ser decidida pela noiva, mas será que a madrinha sabe qual modelo é mais adequado, quais as tendências do momento, que acessórios combinar?

Compras de valor maior, ou mesmo para ocasiões especiais, muitas vezes são decididas apenas após uma pesquisa. Essa pesquisa não acontece apenas no online, mas no offline também: sabe aquelas pessoas que entram em sua loja “só para dar uma olhadinha”? Então, é por aqui que nossa jornada começa.

O Marketing Digital de moda é uma estratégia que pode alavancar as vendas do seu negócio. Mas, para isso, é preciso construir uma presença online da maneira certa. É sobre isso que vamos falar neste artigo. Acompanhe as dicas!

Intensivo de Marketing Digital em 12 dias

Tudo que você precisa para se especializar em Marketing e Vendas (com certificado ao final)

  • Sua inscrição é gratuita
  • Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade.

* Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

Como fazer Marketing Digital de moda? Confira 4 etapas importantes

O Marketing Digital consiste em um conjunto de diversas estratégias, como Marketing de Conteúdo e Email Marketing, que servem para promover uma empresa na internet. No caso da moda, o meio digital é usado para vender roupas, sapatos e acessórios. A combinação costuma ser de sucesso, já que esses são produtos de grande apelo visual, que chamam a atenção dos usuários.

A seguir, vamos entender como fazer Marketing Digital para o mercado de moda usando uma sequência de quatro estratégias muito importantes. São elas:

  1. Definição da persona
  2. Captação de Leads
  3. Relacionamento por Email Marketing
  4. Automação de Marketing

Vamos começar, então, pelo princípio de tudo, que é entender quem é a sua persona.

1. Definição de persona

Com certeza, quando decidiu montar sua loja (seja ela física ou virtual), você pensou com muito carinho em quais produtos iria ofertar para atrair aquele cliente “dos sonhos”. Esse cliente ideal pode ser uma executiva na casa dos 40 anos, uma adolescente de 15 anos fã de rock ou um homem de 25 que ama andar de bicicleta.

Ter clareza sobre quem é o seu cliente ideal, mais conhecido como persona, é o primeiro passo para estruturar sua estratégia de Marketing Digital de moda.

A persona está aí para facilitar nessa criação de conteúdo. Se eu sei que a minha persona é a Ana, que tem 38 anos, é diretora comercial, tem um filho e um cotidiano super corrido, fica muito mais fácil ter empatia e pensar em conteúdos que atraiam as “Anas” do mundo.

O que você acha que a Ana iria gostar mais: “vestidos que fazem sucesso na balada” ou “como usar camisa branca em diversos looks”? Entendendo quem é sua persona, fica muito mais fácil saber que tipo de material vai atraí-la.

2. Captação de Leads

Agora que você já sabe quem é o seu cliente ideal, você precisa atraí-lo. Aqui, a proposta é ir mais longe do que conseguir apenas uma curtida no Instagram ou uma visita no site, por exemplo. Você precisa do email dele, para que ele se torne um Lead do seu negócio.

Por que o email é importante? Porque depois que ele se torna um Lead, você pode falar com ele quantas vezes quiser, e de graça. Isso mesmo! Com um único email, você pode falar com milhares de pessoas de uma só vez.

Não que as curtidas nas suas páginas no Instagram ou Facebook não sejam são importantes. Elas são, e muito, afinal são canais de divulgação de sua loja. Mas você com certeza já ouviu falar em alcance orgânico, não é mesmo?

Por isso, é importantíssimo que você diversifique as formas de falar com seu cliente. Se o Instagram ou o WhatsApp ficassem fora do ar por um dia, por exemplo, quão prejudicadas ficariam as vendas de sua loja? Será que acontecer algo do tipo é mesmo impossível? Por via das dúvidas, sempre trabalhe o relacionamento com seu cliente em diversos canais, inclusive por email.

Agora, para você conseguir os emails dos seus visitantes, vai precisar fazer uma troca: um conteúdo interessante em troca dos dados dele. Aqui, entender sua persona faz toda a diferença, pois você vai construir ofertas adequadas para os problemas dela!

Exemplos de possíveis conteúdos? Temos vários:

  • vídeo ensinando a usar determinada peça;
  • manual de tendências da estação;
  • guia de tamanhos para comprar online;
  • como conservar um sapato de determinado material;
  • checklist com peças-chave para ter no armário;
  • manual para iniciantes sobre como combinar estampas;
  • quiz de qual vestido faz mais seu estilo;
  •  sorteios.

Aqui, a criatividade é o limite! Lembrando que qualquer formato de conteúdo é válido, mas o mais importante é gerar valor para sua persona, independentemente de ser um conteúdo curto ou mais extenso.

Sabe qual é o melhor de trocar um conteúdo rico pelo dados da sua persona? É que além de nome e email, você pode aproveitar esse momento para saber mais sobre ela. Você pode perguntar quais acessórios ela mais usa, qual peça ela mais ama mas tem dificuldade para usar, seu estado, aniversário, que número ela calça, até mesmo sua estampa favorita.

Para que essas informações? Elas serão fundamentais para que você consiga conhecer melhor o seu Lead e passar para o próximo passo, o relacionamento.

Leia mais: Guia completo de como montar um bom formulário de cadastro de Leads

3. Relacionamento por Email Marketing

Você definiu seu cliente ideal e conquistou o contato dele. Agora, chegou uma das etapas mais importantes do Marketing Digital de moda: relacionar-se com ele. E é por meio do Email Marketing que você irá se relacionar com milhares de pessoas ao mesmo tempo.

No entanto, usando as estratégias certas, você fará com que o Lead sinta que aquele email foi feito pensando nele. O Email Marketing é uma estratégia incrível para o mercado de moda e será um super aliado para alavancar também as compras por impulso.

A primeira dica aqui é: o remetente precisa ser uma pessoa, não a sua loja. Afinal, loja não manda email, não é mesmo? Quem manda é alguém que trabalha nela. É muito mais provável que o seu Lead abra seu email quando ele vem de uma pessoa, pois gera mais empatia. Receber uma mensagem da “Juliana da loja X” é muito mais amigável do que o remetente somente “Loja X”, concorda?

Esse cuidado em tornar o email mais pessoal não vale apenas no remetente, mas em todo o texto. Se você fosse escrever um email para sua amiga contando as novidades da sua loja, como você faria? Pense nisso na hora de construir os seus emails, sejam eles de conteúdo, promocional ou qualquer outro tipo.

Segunda dica para emails efetivos: mandar o conteúdo certo para a pessoa certa. Um erro muito comum dos e-commerces é mandar email de frete grátis para todas as pessoas da base, sendo que o frete grátis é só para o Sudeste, por exemplo. É um excelente email para deixar os clientes dessa região felizes e todo o resto do Brasil chateado.

Quer uma experiência mais frustrante que abrir um email ostentando frete grátis e descobrir que não é válido para seu estado? Se a pessoa estava pensando em comprar, grande chances dela desistir aqui. E como é possível resolver isso?

Você vai ficar feliz em saber que com um bom trabalho de captação, isso é muito fácil. Aqui entram as perguntas que fazemos nas Landing Pages, que vão ajudar a segmentar sua base: se já sabemos o estado da pessoa, podemos fazer a propaganda de frete grátis apenas para quem mora lá. Assim, ninguém fica chateado e você ainda tem a chance de pensar em uma oferta diferente para quem não foi contemplado com o desconto.

As segmentações nos permitem muitas possibilidades interessantes. Você pode, por exemplo, enviar um email de parabéns no mês de aniversário da pessoa, com um cupom exclusivo para ela usar naquele mês. Sabe os sapatos daquele número que sempre sobram no estoque? Que tal fazer um email especial com uma oferta deles e enviar apenas para quem calça aquele número? Quanto mais segmentado seu email, melhores serão suas taxas.

Porém, não esqueça de que você não quer se tornar mais um email que só fala em venda na caixa de entrada do seu cliente. Os mesmos dados que você usa para vender, você vai usar para enviar conteúdos exclusivos por email para o seu cliente.

Os seus Leads são uma “lista vip” da qual todo mundo precisa querer fazer parte, então é muito importante que você entregue alguns mimos e ofertas exclusivas para eles. Esse canal também é muito valioso para que você consiga a opinião do seu cliente, com feedbacks e pesquisas.

4. Automação de Marketing

Por fim, ainda temos mais uma forma de trabalhar o relacionamento com os seus Leads: emails automáticos de acordo com as interações dele. Um exemplo simples dessa aplicação são os pop-ups de desconto na primeira compra: você se cadastra e logo recebe o cupom no seu email.

Essa ação não tem hora marcada para acontecer, ela ocorre na hora que a pessoa se cadastrou (se ela cadastrar às 3h da manhã, recebe o email às 3h da manhã). Por isso, usamos a Automação de Marketing.

As possibilidades aqui são muitas. Você pode utilizar o rastreamento de páginas (Lead Tracking) e, assim que o Lead visita a página de um item que você tem parado em estoque, recebe um email com um código de desconto para aquele produto.

Você pode também fazer uma Landing Page que oferece conteúdo de tendências do verão e programar uma sequência de emails oferecendo os produtos que a pessoa precisa ter para estar na moda durante a estação, e assim por diante.

Leia também: Como o Inbound Marketing pode gerar mais vendas para a indústria têxtil

Coloque em prática o Marketing Digital de moda

Depois de todas essas dicas, esperamos que você consiga enxergar um pouco da diferença que o Marketing Digital pode fazer no mercado de moda.

Como falamos no artigo, colocar a estratégia em prática requer uma série de ações, como criar Landing Pages e enviar emails segmentados. Para facilitar o trabalho, o melhor é contar com uma ferramenta de Automação de Marketing como o RD Station Marketing.

Com essa ferramenta, você gerencia seu marketing em um só lugar e tem uma visão completa do funil para analisar e melhorar os resultados da sua marca. Faça um teste gratuito!

RD Station

Crie sua estratégia de Marketing Digital de moda com o RD Station Marketing

O RD Station Marketing é a melhor ferramenta para automação de Marketing Digital tudo em um para sua empresa. Com ela, você pode capturar contatos, criar Landing Pages, enviar emails e muito mais. Faça um teste gratuito de 10 dias.

  • Ao preencher o formulário, concordo * em receber comunicações de acordo com meus interesses.
  • Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade.

* Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

Post publicado em novembro de 2020 e atualizado em fevereiro de 2021.

Lisia Weber

Lisia Weber

Veja também

Marketing
Remarketing no Google Ads: como criar campanhas e listas para gerar mais conversões
Marketing
Dia das Crianças: 20 dicas para a sua campanha de marketing ter mais resultados em 2022
Marketing
Como usar arquivos XML de notas fiscais em análises de marketing e vendas