Marketing Conversacional: o que é, como usar no seu negócio e os benefícios dessa tendência

Ferramentas como chatbots em aplicativos como o WhatsApp facilitam o relacionamento de empresas e clientes usando o Marketing Conversacional

Bruno Volpato
Bruno Volpato8 de dezembro de 2022
Botão de WhatsApp Para Sites

Marketing Conversacional ou Conversational Marketing é a estratégia que usa conversas automatizadas em tempo real para conduzir potenciais clientes através da jornada de compra. As conversas são feitas com mensagens de chatbots que reproduzem diálogos reais, humanizando o contato digital entre pessoas e marcas.


Se você já trocou mensagens com uma marca ou empresa em uma interface de chat, então já teve contato com Marketing Conversacional. E se já trocou mensagens com uma marca ou empresa em uma interface de chat e ficou em dúvida se era uma pessoa ou um chatbot, então provavelmente já teve contato com Marketing Conversacional muito bem feito!

Digo “provavelmente” porque talvez você tenha falado, de fato, com uma pessoa. Porém, em tempos em que buscamos equilibrar a otimização do tempo com a necessidade do toque humano nas interações digitais, o uso de chatbots está disseminado entre negócios de todos os tipos e tamanhos.

E isso vale também para o WhatsApp, o aplicativo mais usado pelos brasileiros! Sim, a automação dos diálogos já chegou ao nosso querido Zapzap, como veremos a seguir.

Neste post, vamos explicar o que é Marketing Conversacional, quais são seus benefícios e de que forma você pode adotá-lo no seu negócio. Então, continue lendo para termos uma boa conversa sobre esse tema!

O que é Marketing Conversacional?

Marketing Conversacional ou Conversational Marketing é a estratégia que usa conversas automatizadas em tempo real para conduzir potenciais clientes através da jornada de compra. Nesse tipo de marketing, não há espera por parte do consumidor, pois os fluxos de comunicação são programados previamente para fazer o atendimento a qualquer momento e sem necessidade de um atendente humano.

No entanto, as conversas são feitas com mensagens de chatbots que reproduzem diálogos reais, humanizando o contato digital entre pessoas e marcas. Fundamentalmente, no fim das contas, o objetivo do Marketing Conversacional é melhorar a comunicação com Leads e clientes. 

Para isso, ele une o conhecimento humano, as tecnologias de automação e a inteligência artificial para criar e desenvolver relações duradouras entre um negócio e o seu público. O formato usado para essa conexão é o chatbot.

O que é um chatbot?

O chatbot, na prática, é uma automação que conversa com os Leads e clientes da sua empresa. Em uma tradução livre, seria um robô de conversas.

No entanto, é bom que fique claro que toda a estratégia é criada anteriormente por humanos. Assim, é possível criar fluxos de conversa com diversos gatilhos que possibilitam, por exemplo, tirar dúvidas de quem entra em contato ou conduzir a uma conversão.

Ou seja, chatbot é um programa de computador que faz o que é programado, simulando uma conversa humana. Ao usar um, as empresas conseguem automatizar tarefas em escala, ganhando tempo e tendo mais liberdade para resolver problemas complexos.

Assim, muitos negócios escolhem alguns processos - como venda, consulta de pagamentos ou dúvidas frequentes - para colocar em um fluxograma, estruturar na forma de diálogo e cadastrar dentro de uma ferramenta apropriada.

Porém, dá para fazer muito mais com o Marketing Conversacional, como você vai ver neste post. Antes, assista ao vídeo abaixo com dicas para essa estratégia de especialistas que participaram da Imersão de Planejamento para Lideranças de Marketing e Vendas da RD:

O que é possível fazer com chatbots e como usar o Marketing Conversacional?

A seguir, listamos algumas possibilidades de automações que uma empresa pode ter caso comece a usar chatbots de Marketing Conversacional. Dá uma olhada:

  • Criar fluxos de respostas automáticas para qualificar Leads e/ou direcionar para a venda final;
  • Qualificar os atendimentos de vendas e priorizar os que necessitem de mais atenção e/ou proximidade;
  • Acompanhar a performance do processo de atendimento de vendas completo, e em tempo real;
  • Enviar ofertas, cupons de desconto, lembretes, convites ou material rico para contatos em meio e fundo de funil;
  • Direcionar seus contatos para continuar o atendimento em outro canal (Landing Page, link de WhatsApp Web ou Service Desk);
  • Enviar links de agendamento de atendimento, pesquisas NPS ou para inscrição em eventos;
  • Abrir novas negociações dentro do CRM enquanto atende um Lead;
  • Atualizar ou alterar a etapa e o status de uma negociação dentro do CRM;
  • Enviar mensagens prontas e personalizadas com informações do contato em conversas.

Como eu disse no começo, tudo isso pode ser feito pelo WhatsApp. Ele já é usado por cerca de 80% dos brasileiros para se comunicar com as empresas. É importante, então, saber aproveitar o ambiente digital para ampliar a comunicação com os seus Leads. A RD Station oferece ferramentas para você incluir todas as suas ações na sua estratégia.

Além do WhatsApp, o Marketing Conversacional pode ser feito por outros canais, como o Facebook Messenger, Telegram, chatbot no site e até mesmo por email. Com tantas opções, caso você tenha múltiplos pontos de contato com seus clientes vale a pena adotar uma plataforma omnichannel com inteligência artificial, como a oferecida pela TALLOS.

Você sabia que mais de 86% dos times de Vendas preferem contatar os Leads via WhatsApp? Descubra mais dados como este no Panorama de Marketing da RD Station!

Benefícios de utilizar chatbots de Marketing Conversacional

O Marketing Conversacional otimiza o seu tempo de resposta e economiza recursos. A consequência é muito clara: essa estratégia aumenta o desempenho das suas equipes de Marketing, Vendas e atendimento.

Além disso, os chatbots com fluxos de comunicação humanizados proporcionam uma boa experiência de compra aos seus Leads e clientes. Veja mais vantagens a seguir:

Atendimento o tempo todo

Quando você conecta seu atendimento a um chatbot, garante que as pessoas serão atendidas o tempo todo. Isso mesmo: 24 horas por dia, 7 dias na semana. Um atendimento feito por pessoas, por outro lado, geralmente fica disponível somente em horário comercial.

O chatbot não necessariamente anula o atendimento feito por pessoas. Em alguns nichos, ele pode ser necessário para aprofundar a conversa. Porém, uma boa estratégia de Marketing Conversacional garante respostas importantes para clientes ou Leads que gostariam de mais informações em diversos momentos da jornada. 

Escalabilidade de atendimento

Por maior que seja uma empresa, o dinheiro para a contratação de atendentes não é infinito. Em compensação, um chat permite escalar os atendimentos, gerando muitas novas oportunidades. Os robôs de conversa ainda possibilitam evitar filas de atendimento, melhorando a experiência das pessoas com uma marca.

Marketing, Vendas e Atendimento se unem no Marketing Conversacional

Você já comprou algo porque se encantou com os argumentos e simpatia de um vendedor numa loja presencial? Ou quem sabe você é a pessoa que encanta os clientes com suas técnicas de vendas in loco?

Essa lógica também faz sentido no Marketing Conversacional. Os chatbots podem trazer vantagens sobre um produto e serviço que, com fluxos bem desenhados e humanizados, farão Leads se interessarem e virarem clientes, agilizando o ciclo de vendas. Depois, continue o pós-venda digitalmente, tirando dúvidas e até fazendo up sells e cross sells.

Personalização do atendimento

Já falamos, mas não custa repetir: o bom Marketing Conversacional, quando é bom mesmo, desperta dúvidas se o atendimento é feito por uma pessoa ou por um chatbot. Isso porque a linguagem utilizada nas mensagens é humanizada, programada com base no que você sabe sobre o seu público-alvo.

Assim, os seus Leads e clientes vão sentir que estão em um diálogo com a sua empresa, recebendo ajuda e informações relevantes. Tudo com muita agilidade, aumentando a satisfação.

Usando o WhatsApp, você está no canal preferido dos brasileiros

Os dados não mentem: mais de 96% dos brasileiros que estão na internet usam o WhatsApp. Ele é a rede social preferida dos brasileiros entre 16 e 64 anos, ficando à frente até do Instagram. Então, que tal criar um chatbot no WhatsApp?

O Zapzap facilitou muito o jeito de conversar, nos aproximando de quem quer que seja. Isso inclui empresas com quem fazemos ou gostaríamos de fazer negócios. Quando sua marca faz Marketing Conversacional no WhatsApp, ela está abrindo um mundo de novas possibilidades e oportunidades de negócio.

Quer se aprofundar no tema? Faça o curso gratuito da RD University!

https://www.youtube.com/shorts/_Kwz_a3Nfq0

Dê os primeiros passos no Marketing Conversacional

Se você chegou até aqui e se interessou pelo Marketing Conversacional, a partir de agora terá algumas opções para dar os próximos passos. Por outro lado, se tem uma operação de Marketing Digital mais estruturada, reforço que a RD Station tem opções que se adaptam a qualquer tipo de negócio e orçamento para usar o WhatsApp de forma estratégica.

Ou então, se quiser experimentar por conta própria um primeiro contato com as possibilidades dessa ferramenta, veja as duas sugestões a seguir:

Gerador de Link para seu WhatsApp (gratuito para sempre)

O Link de WhatsApp transforma seu número em um atalho. Assim, você pode fazer a divulgação como preferir. Pode colocar no seu site, nas redes sociais ou onde fizer mais sentido. 

E onde está o gostinho do Marketing Conversacional? Usando o formulário abaixo, você ainda habilita uma mensagem automática para o primeiro contato com os Leads. Experimente! 

Botão de WhatsApp para sites (grátis durante 10 dias)

Com o Botão Flutuante de WhatsApp da RD Station, você consegue converter os visitantes do seu site e levar diretamente para conversar no aplicativo.

É compatível com qualquer website e pode ser instalado em até 2 minutos, sem necessidade de configurações técnicas ou alterações no número comercial. Olha como fica abaixo!

Os contatos só precisam preencher um formulário rápido antes de acessar seu WhatsApp. Assim, a ferramenta captura os principais dados e os armazena no contato. Se por acaso o remetente não realizar o envio da mensagem, ainda assim você poderá contatá-lo. Para utilizar o Botão do WhatsApp gratuitamente, é só clicar abaixo e criar para seu negócio!

Bruno Volpato

Bruno Volpato

Quem escreveu este post

Jornalista com mais de 10 anos de experiência em portais de notícias, blogs, assessoria de imprensa e redes sociais. Hoje sou editor deste blog e produtor de conteúdo na RD, além de fazer uns bicos de ator nas redes sociais da firma.

Veja também

Marketing
Dica de Email Marketing #12: Use provas sociais
Marketing
Twitter Cards: como usar os cartões para ir além dos 140 caracteres
Marketing
Retenção de clientes em momentos de crise: como lidar com pedidos de renegociação e cancelamento