Estratégias de Automação de Marketing para garantir a eficiência do funil de vendas

Se você já usa a Automação de Marketing, veja algumas dicas para extrair mais resultados de suas ações

Bruno Volpato
Bruno Volpato27 de agosto de 2019
Apenda Automação de Marketing na Prática

Ouça o post no player abaixo:

Automação de Marketing é, como o próprio nome diz, o uso de tecnologia para automatizar ações e processos de Marketing. Com isso, é possível reduzir trabalhos manuais e aumentar a eficiência das ações. É a principal ferramenta para nutrir e avançar os Leads até o momento da compra.

Apesar de estar cada vez mais consolidada no mercado, a Automação de Marketing ainda gera algumas concepções equivocadas. Ela não se limita, por exemplo, a configurar um auto-responder no seu email. Ou a deixar suas postagens nas redes sociais programadas. Essas são ações simples.

Olha só essa definição:

Automação de Marketing significa entender e agir de forma personalizada e escalável com as pessoas que interagem com sua empresa nos diferentes canais online. É entender exatamente o interesse do Lead e seu estágio de compra, dando a ele todas as informações de que precisa em determinado momento de maneira automatizada.”

Recentemente, realizamos a Semana das Estratégias Avançadas de Marketing Digital. Foram 6 webinars gratuitos com especialistas em temas para quem quer extrair mais resultados das suas ações. Uma das conversas teve como assunto “Automação de Marketing: estratégias para garantir a eficiência do funil de vendas”.

Neste post, vamos contar um pouco do que Rodrigo Martucci, da Nação Digital, e Gabriel Folis, aqui da RD, debateram ao vivo. Você pode assistir ao vídeo na íntegra, além de todas as outras 5 transmissões, inscrevendo-se abaixo. Depois, continue lendo!

Semana das Estratégias Avançadas de Marketing Digital

Assista a 6 bate-papos exclusivos e gratuitos sobre SEO, Mídia Paga, Redes Sociais, Automação de Marketing, Análise de dados e muito mais. Você vai encontrar nas técnicas aprofundadas o gatilho que falta para fazer o seu negócio crescer com Marketing Digital.

  • Sua inscrição é gratuita
  • Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade.

* Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

9 benefícios da Automação de Marketing para a sua empresa

Antes de falarmos sobre o webinar, vale reforçar a importância da Automação de Marketing no atual contexto. Por isso, vamos listar 9 benefícios que ela traz para a sua empresa. Você pode encontrar o detalhamento de cada um deles na nossa página épica sobre o tema. Veja quais são:

  1. Nutrição de Leads que não estão prontos
  2. Mais eficiência no funil
  3. Leads mais preparados geram tickets maiores
  4. Comunicação personalizada para cada persona
  5. Menos trabalho recorrente para o marketing
  6. Vendedores recebem Leads mais preparados
  7. Ciclo de vendas menor
  8. Mais produtividade para os vendedores
  9. Leads mais preparados têm mais sucesso com o produto

Agora que você já conhece alguns dos benefícios, vamos falar de estratégias mais específicas, que podem trazer resultados concretos para o seu funil de vendas. Lembre-se que você pode, a qualquer momento, iniciar seu teste gratuito do RD Station Marketing.

RD Station

Teste o RD Station Marketing

RD Station Marketing é a ferramenta para automação de Marketing Digital tudo-em-um ideal para negócios B2B. Faça um trial gratuito sem compromisso!

  • Ao preencher o formulário, concordo * em receber comunicações de acordo com meus interesses.
  • Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade.

* Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

Estratégias de Automação de Marketing

Em seu webinar na Semana de Estratégias Avançadas de Marketing Digital, Rodrigo Martucci e Gabriel Folis abordaram o tema da Automação de Marketing dividindo-o em três etapas:

  1. Planejamento
  2. Execução
  3. Análise e otimização

Vamos usar a mesma divisão no post, para facilitar a compreensão. A atenção dada a cada uma delas é diferente, mas todas as fases são importantes!

1. Planejamento

Aqui, o primordial é olhar para o básico. Assim, é possível garantir a sustentação e o direcionamento de toda a estratégia de Automação de Marketing. E isso serve tanto para quem está começando-a do zero quanto para quem está atualizando a estrutura, dando alguns passos atrás.

Se você já tem algumas coisas andando, o caminho pode estar em revisões. Por exemplo: personas, jornada de compra, formulários e conteúdos. Para te ajudar, o Gabriel Folis compartilhou um material bem bacana, o template de Mapeamento de conteúdos gerais de acordo com a jornada de compra. É só fazer uma cópia e usar!

Faça um desenho do plano

Aqui estamos literalmente de um desenho. Pode ser um quadro branco, as cartolinas que a gente usava na escola ou, se você é dessas pessoas modernas, uma ferramenta digital. Veja algumas opções: Miro, MindMeister, draw.io, Coggle e Funnelytics.

A ideia desse desenho é permitir entender as dinâmicas, a sequência de fluxos, e os gatilhos de entrada. Além disso, possibilita compreender segmentações, tags, emails, passos e tudo mais que será demandado.

Por fim, você precisa encerrar essa etapa tendo muito claro os objetivos macro dos fluxos e sequência de fluxos. Só passe para a parte da execução com isso definido, senão poderá apenas perder tempo e precisar recomeçar.

2. Execução

Essa etapa foi, naturalmente, a mais detalhada pelo Rodrigo Martucci e pelo Gabriel Folis. Eles deram dicas mais práticas e avançadas que potencializando a Automação de Marketing e melhoram a eficiência do funil. Veja algumas delas:

  • Criar segmentações individuais que trazem os Leads qualificados e oportunidades de cada uma das personas, usando-as como gatilho de entrada de fluxos paralelos de alteração de estágio do funil;
  • Inserir tags quando os Leads entrarem e removê-las quando saírem, para que seja sinalizado para não receber newsletter enquanto estiver sendo nutrido;
  • Usar tags para sinalização de interesse, de acordo com o fluxo que o Lead entra ou link que clica. Elas podem ficar permanentemente, podendo segmentar a base de acordo com o interesse;
  • Em relação à duração do fluxo de nutrição, menos é mais. Depende do segmento, mas pode ser mais interessante montar micro jornadas, com 3 a 4 emails-âncora;
  • Caso o Lead não tenha aberto um email, mandar de novo com assunto diferente;
  • Caso tenha aberto, mas não clicou: novo email, copy diferente e mesmo link;
  • Insira apenas 1 link nos emails, para otimizar as segmentações, análises e ações que esperadas do Lead;
  • Fazer ativação de Leads além do email, fazendo remarketing e integrações com ferramentas de SMS e WhatsApp.

Automação e integração de Marketing e Vendas

Veja mais dicas, puxando para a parte de vendas:

  • Ter um SLA entre Marketing e Vendas é fundamental para o sucesso de seus fluxos de automação. É essencial para a marcação de oportunidades, usando tanto o Lead Tracking quanto o Lead Scoring;
  • Criar um fluxo de lost, também desenhado no SLA, para que determinados Leads possam ser reengajados, dependendo do motivo;
  • Desenvolva fluxos de pós-venda e indicação, como um guia de como utilizar seu produto ou serviço e sugestões de ecommerce, como um fluxo de roupas e acessórios que combinam com o que foi comprado.

Tanto o Rodrigo quanto o Gabriel deram ainda mais dicas no webinar. Lembrando que, para assisti-lo na íntegra, basta se inscrever gratuitamente.

>> Leia também: Automação de Marketing Digital: aprenda o essencial para começar

3. Análise e otimização

Aqui não tem muito segredo: é testar, testar e testar. Depois, testar mais um pouco. Experimentar é o que vai fazer você encontrar as melhores ações de Automação de Marketing. Não tenha medo de ir na base da tentativa e erro. Faz parte!

Não é porque os fluxos trabalham automaticamente que podem ser deixados sem supervisão, digamos assim. De tempos em tempos, é preciso verificar os resultados e fazer a sintonia fina. Assim, o processo recomeça e é refinado.

Mas o que é, exatamente, um bom resultado para um fluxo de email? Para Rodrigo, 20% é uma boa taxa de abertura, mas sempre há espaço para melhorar. Avalie também sua taxa de cliques em CTAs, uma métrica fundamental.

Temos um material bacana para te ajudar, a Planilha de Acompanhamento de Métricas de Marketing. Ela já está na 2ª edição, e permite acompanhar a evolução do seu negócio por meio de gráficos.

Assista ao webinar sobre Estratégias de Automação de Marketing na íntegra

Neste post, fizemos um resumo sobre o que o Rodrigo Martucci e o Gabriel Folis conversaram no webinar “Automação de Marketing: estratégias para garantir a eficiência do funil de vendas”. Esperamos que as dicas sejam úteis para o seu negócio.

Porém, recomendamos que você assista ao vídeo na íntegra, para se aprofundar no tema. Para isso, basta preencher os dados abaixo para ter acesso a esse e a mais 5 webinars da Semana das Estratégias Avançadas de Marketing. É gratuito!

Semana das Estratégias Avançadas de Marketing Digital

Assista a 6 bate-papos exclusivos e gratuitos sobre SEO, Mídia Paga, Redes Sociais, Automação de Marketing, Análise de dados e muito mais. Você vai encontrar nas técnicas aprofundadas o gatilho que falta para fazer o seu negócio crescer com Marketing Digital.

  • Sua inscrição é gratuita
  • Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade.

* Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.
Bruno Volpato

Bruno Volpato

Quem escreveu este post

Jornalista com mais de 10 anos de experiência em portais de notícias, blogs, assessoria de imprensa e redes sociais. Hoje sou editor deste blog e produtor de conteúdo na RD, além de fazer uns bicos de ator nas redes sociais da firma.

Veja também

Marketing
Como uma má reputação pode prejudicar suas métricas de Email Marketing: 6 pontos dos quais você precisa cuidar
Marketing
Nova atualização do Facebook: links de sites lentos serão menos exibidos
Marketing
Entenda o que é Custo por Clique (CPC), Custo por Mil (CPM) e Custo por Aquisição (CPA) e aprenda a calcular cada uma das métricas