Como vender mais no e-commerce com técnicas práticas e simples

Embora a importância das vendas online cresça todos os dias, muitos empreendedores ainda encontram obstáculos para potencializar seus resultados. Veja como vender mais no e-commerce

Asaas
Asaas14 de setembro de 2023
Lançamento dos Panoramas de Vendas 2024

Embora a importância das vendas online cresça todos os dias, muitos empreendedores ainda encontram obstáculos para potencializar seus resultados. 

Com os avanços da tecnologia e o surgimento de novas plataformas, muitas vezes fica difícil entender quais as práticas ideais para ter sucesso no mercado de e-commerce.

Por isso, neste artigo vamos dar dicas sobre como vender mais no e-commerce, apresentando técnicas práticas e acessíveis. Continue lendo!

Vale a pena vender no e-commerce?

Sim, vale muito a pena vender no e-commerce! Além de oferecer um maior fluxo de clientes para seu negócio, a loja virtual possui um baixo investimento inicial e funciona em tempo integral, o que é ideal para quem busca praticidade na rotina de vendas

Além disso, a operação possui um menor custo operacional e sua empresa fica livre para expandir além dos limites geográficos.

Porém, essas são apenas algumas vantagens que um e-commerce pode trazer para seu negócio. Confira todos os benefícios de optar por uma estratégias para vender mais online:

Maior fluxo de clientes para seu negócio

Ao vender no e-commerce, seu negócio ganha visibilidade e pode alcançar um número maior de clientes. 

Com a possibilidade de vender para todo o país, e até mesmo internacionalmente, sua marca pode se tornar conhecida em diferentes regiões, aumentando as oportunidades de venda e crescimento.

A longo prazo, isso significa aumentar seu fluxo de clientes. Para isso, é necessário contar com um e-commerce funcional e bem estruturado - mas o potencial de ganhos pode ser muito superior ao de uma loja física.

Baixo investimento inicial

Diferentemente de uma loja física, o e-commerce permite que você, empreendedor, comece a vender com um investimento inicial relativamente baixo. 

Com plataformas e ferramentas de e-commerce acessíveis e uma infraestrutura simplificada, é possível começar a vender sem precisar de grandes investimentos em aluguel, reformas, mobiliário e outros custos fixos que seriam necessários em uma loja física.

Para a maior parte das lojas virtuais, basta que você administre e controle seu estoque - negociando preços e fornecedores para realizar entregas. Porém, dependendo da sua modalidade de negócio, até mesmo esses custos podem ser reduzidos.

Sua loja virtual funciona em tempo integral

Da mesma forma, ao contrário de uma loja física, que tem horários de funcionamento limitados, uma loja virtual funciona em tempo integral. 

Isso significa que as vendas podem ocorrer a qualquer momento do dia ou da noite, aumentando as chances de conversão e lucro. 

Essa liberdade de horários também oferece mais autonomia para os consumidores, que podem se planejar para realizar uma compra da forma que preferirem.

E, ainda assim, você pode continuar instigando os clientes com anúncios e conteúdos, gerando o desejo pelo produto e mantendo a jornada de compra.

Mais praticidade para a rotina de vendas

A rotina de vendas no e-commerce é mais prática e simplificada do que em uma loja física. É possível gerenciar pedidos, estoque, pagamentos e entregas de forma mais automatizada e eficiente.

Com isso, sua empresa pode focar em outras atividades estratégicas do negócio. Com a rotina financeira estabelecida, fica mais fácil propor novas práticas, investimentos, definir indicadores de desempenho, etc.

Menor custo operacional para sua operação

Uma das grandes vantagens do e-commerce é o menor custo operacional quando comparado a uma loja física. Não há custos com aluguel de ponto comercial, contas de luz e água, segurança e outros custos fixos que são necessários em uma loja física.

Obviamente, existem taxas que precisam ser avaliadas. Muitas plataformas possuem custos para manter sua loja virtual em operação, ou mesmo o investimento em anúncios ou segurança digital. 

Porém, na ponta do lápis, a tendência é que o e-commerce seja uma opção mais barata e prática.

Atuação sem limite geográfico

Conforme já comentamos, o e-commerce reduz os limites geográficos para a atuação do negócio. A partir disso, seu negócio pode aumentar suas vendas buscando clientes potenciais em diferentes regiões do país.

Melhor capacidade para avaliar resultados

O e-commerce oferece uma melhor capacidade para avaliar resultados em tempo real. É possível medir o desempenho de campanhas de marketing, acompanhar o volume de vendas e conversões, identificar os produtos mais vendidos, entre outras métricas importantes para o negócio.

Quanto melhor forem suas métricas, mais insumos sua gestão terá para definir os próximos passos de evolução da sua empresa.

Possibilidade de integração com outros canais

A possibilidade de integração com outros canais é uma das grandes vantagens do e-commerce. 

Ao integrar a loja virtual com redes sociais, marketplaces e comparadores de preços, é possível ampliar a visibilidade da marca, atingir novos públicos e aumentar as chances de venda.

A integração também pode permitir que seu ambiente de vendas conte com soluções que tornam a experiência do cliente mais satisfatória. As API de pagamentos, por exemplo, têm essa função - tornando os momentos de transação mais seguros.

Mais facilidade para analisar concorrentes

No e-commerce, também pode ser mais fácil analisar e monitorar os concorrentes. No mercado, essa prática também é chamada de “benchmarking”.

Com ela, é possível identificar os preços praticados pela concorrência, as estratégias de marketing utilizadas e as ações promocionais definidas por eles. Todas essas informações o permitem que sua gestão adote estratégias mais eficazes e competitivas.

Possibilidade para estratégia ominichannel

O e-commerce possibilita a adoção de estratégias omnichannel, que consistem em oferecer uma experiência integrada e consistente para o cliente em diferentes canais de venda

Essa estratégia permite ao cliente escolher a forma mais conveniente de comprar, seja pela loja virtual, loja física ou outros canais integrados, aumentando as chances de conversão e fidelização.

Como vender mais no e-commerce?

O e-commerce é uma excelente opção para quem deseja ampliar as vendas e conquistar novos clientes. Para alcançar esse objetivo, é fundamental investir em estratégias que facilitem foquem em reduzir gastos, aumentar a taxa de conversão e fidelizar clientes.

Confira quais as boas práticas que sua gestão pode tomar e dicas para vender mais no e-commerce:

1. Facilite a compra dos seus clientes

A facilidade na hora da compra é um fator crucial para conquistar e fidelizar clientes no e-commerce. Sua loja virtual ou plataforma de e-commerce precisa ser de fácil navegação, com informações claras sobre os produtos e serviços, além de uma busca eficiente e um carrinho de compras intuitivo.

Principais meios de pagamento

Falando em facilidade, é fundamental dentro desse requisito que sua empresa ofereça diferentes meios de pagamento para o momento de conversão. É importante que o cliente tenha opções variadas, como cartão de crédito, Pix, boleto bancário, carteiras digitais, entre outras formas de pagamento seguras e confiáveis. 

Nesse cenário, o foco está em garantir a praticidade do consumidor ao mesmo tempo que consegue manter um bom fluxo de caixa.

Invista no checkout transparente

O checkout é a etapa final da compra no e-commerce e deve ser bastante objetiva. Informações sobre o valor total da compra, taxas e prazos de entrega precisam estar disponíveis ao cliente de forma clara.

Porém, quando falamos em checkout transparente tratamos de uma ferramenta que torna o processo de checkout online mais dinâmico. Ela pode ser integrada à sua plataforma através de APIs.

Uma vez integrada a sua loja virtual, ela evita redirecionamentos durante a fase de conversão e diminui as chances de abandono de carrinho. 

2. Invista em um funil de vendas

Para vender mais no e-commerce, é fundamental investir em um funil de vendas bem estruturado. 

O funil de vendas é uma estratégia que consiste em conduzir o cliente desde o primeiro contato que ele faz com sua marca até a efetivação da compra. Nesse processo, o cliente potencial passa por diferentes etapas, como atração, interesse, decisão e fidelização.

Em cada uma delas, sua empresa precisa nutrir o cliente com informações, solucionando suas dúvidas e aumentando o desejo pelo produto.

Invista no marketing digital

Investir em marketing digital é uma excelente forma de atrair novos clientes e aumentar as vendas no e-commerce, complementando a estratégia de funil de vendas. 

Nesse cenário, as principais estratégias de marketing digital incluem a criação de conteúdo relevante, a otimização de mecanismos de busca (SEO), o marketing de busca (SEM), o uso de mídias sociais, e-mail marketing, etc.

Venda pelas redes sociais

Falando em redes sociais, elas são ótimas ferramentas para divulgar produtos e serviços e conquistar novos clientes. A venda pelas redes sociais é uma estratégia eficiente para quem deseja ampliar as vendas no e-commerce. 

Afinal, é possível criar lojas virtuais dentro das próprias redes sociais ou utilizar o recurso de vendas diretas, em que o cliente pode efetuar a compra diretamente pelo canal.

3. Foque no seu nicho de clientes

Embora as vendas online potencializam sua capacidade de encontrar clientes, fugindo da regionalidade, é muito importante que sua empresa foque dentro de um nicho

Para vender mais no e-commerce, é fundamental entender quem é seu público e quais são suas principais necessidades. A partir dessa informação, será possível criar estratégias mais assertivas para converter o público em consumidores.

Como conquistar um nicho mais lucrativo no e-commerce? Confira as dicas a seguir:

Defina o público alvo

O primeiro passo para expandir sua empresa e entender como aumentar o lucro do seu e-commerce, é conhecer seu público

Você precisa ter em mente o tipo de produto que é oferecido na sua loja, quais os objetivos da marca e como tudo isso se relaciona com as necessidades dos consumidores.

Entender o público é importante tanto para campanhas de marketing, quanto para fazer uma boa precificação de produtos, criar programas de fidelidade e até mesmo atualizar seu catálogo e estoque.

Realize um bom benchmarking

Além do público-alvo, também é muito importante que sua marca conheça o mercado na qual está inserida e seus principais concorrentes. 

Esse tipo de análise, também chamada de benchmarking, é importante para garantir que você tenha insumos sobre quais as melhores práticas a serem tomadas. Por exemplo, quando é ideal fazer promoções, qual o ticket médio, que plataformas possuem mais vantagens, etc.

Cuide do pós-venda

Muitos empreendedores focam seus esforços na construção de um ambiente digital agradável no e-commerce e em oferecer bons produtos. Tudo isso é importante. Mas sua marca pode se diferenciar ao realizar um bom atendimento no pós-venda.

Entender se o cliente conseguiu receber o produto, se atendeu suas expectativas e qual sua avaliação sobre o processo de compra vai ajudar sua gestão a melhorar e se consolidar no mercado.

4. Utilize técnicas para aumentar a conversão

Muitas vezes, para aumentar suas vendas no e-commerce, você vai precisar utilizar técnicas que focam em atingir os gatilhos de compra dos clientes. Por exemplo, promoções em datas comemorativas, ou descontos específicos para produtos sazonais.

A liberdade de vender online traz inúmeras possibilidades para sua gestão financeira . No mercado, existem algumas estratégias muito funcionais e que podem ajudar sua empresa a fazer o e-commerce vender mais.

Duas das técnicas mais famosas para aumentar as vendas são o cross selling e up selling. Confira:

Cross selling

O cross-selling é uma estratégia que consiste em oferecer produtos relacionados ao que o cliente está adquirindo. Isso incentiva o aumento do valor médio do carrinho de compras, além de promover a descoberta de novos produtos pela sua clientela.

Up selling

Já o up-selling, é uma estratégia que consiste em oferecer produtos de maior valor ou qualidade do que aqueles que o cliente está comprando. 

Isso permite que sua loja aumente a margem de lucro por venda, além de oferecer ao cliente produtos que possam atender melhor às suas necessidades.

5. Crie uma estratégia de fidelização

Para manter os clientes fiéis e impulsionar seu e-commerce, é fundamental criar uma estratégia de fidelização. 

Isso inclui ações como programas de pontos, ofertas exclusivas para clientes cadastrados e acompanhamento personalizado do pós-venda.

Vale sempre ressaltar que costuma ser muito mais barato manter um cliente fiel do que conquistar um novo. Por isso, você pode focar parte do seu planejamento financeiro para entender como melhorar a experiência aos clientes de longa data.

6. Invista em promoções estratégicas

As promoções são uma excelente forma de incentivar as vendas no e-commerce. No entanto, é importante que elas sejam estratégicas e bem planejadas, para oferecer vantagens tanto para sua marca quanto para os clientes. 

As promoções podem ser temporárias ou permanentes, e devem ser divulgadas de forma clara e objetiva. 

Você pode aproveitar as datas sazonais durante o ano para criar suas promoções, mas também pode criar demanda a partir de outras situações  - como a necessidade de queima de estoque, por exemplo.

7. Faça um bom controle de estoque e vendas

Para garantir a eficiência da operação de vendas no e-commerce, é fundamental fazer um bom controle de estoque e vendas. 

Isso inclui a utilização de soluções como ERP e CRM, que permitem uma gestão integrada de todos os processos do seu e-commerce ou loja virtual, desde o cadastro de produtos até a emissão de notas fiscais.

ERP e CRM

As soluções de ERP e CRM são fundamentais para a gestão eficiente do estoque e das vendas no e-commerce. 

Enquanto o ERP permite a integração de todas as áreas da loja virtual, o CRM possibilita o acompanhamento personalizado dos clientes, com informações sobre seus históricos de compras e preferências.

Por isso, ao utilizar essas ferramentas, você pode controlar melhor as situações envolvendo seu negócio e acompanhar a jornada de compra dos clientes, do começo ao fim.

8. Invista plataformas de vendas

Para aumentar a visibilidade da sua marca e potencializar as vendas, é fundamental investir em plataformas de vendas.

Isso inclui o uso de plataformas de e-commerce, que permitem a criação de lojas virtuais próprias, e a presença em marketplaces, que permitem a venda de produtos em sites de grandes varejistas. 

Entenda mais sobre cada uma dessas opções:

Plataforma de e-commerce

As plataformas de e-commerce permitem a criação de lojas virtuais personalizadas, com recursos como carrinho de compras, pagamento online e soluções como integrar o Pix no e-commerce.

Elas são ideais para empreendedores que desejam ter uma loja virtual própria e aumentar sua presença no mercado online. Nesse cenário, sua marca ganha mais liberdade de atuação e autonomia para definir promoções, negociar fornecedores e elaborar um funil de vendas.

Marketplaces

Os marketplaces são plataformas de vendas online que reúnem diversos varejistas e permitem a venda de produtos de diferentes categorias. 

Estar presente em marketplaces é uma excelente forma de aumentar a visibilidade da loja virtual e potencializar as vendas, sem a necessidade de investimentos em marketing e publicidade.

Afinal, nesse contexto os clientes têm maior facilidade em encontrar seus produtos, mesmo sem conhecer sua marca previamente.

9. Utilize uma conta digital de confiança

Por fim, para vender e faturar mais no e-commerce, na sua loja virtual, ou em qualquer outro cenário - é fundamental contar com uma conta digital de confiança.

Existem várias opções, como o Asaas, plataforma completa com soluções que podem ser integradas para potencializar os resultados do seu negócio.

Com isso, sua empresa ganha mais autonomia para vender em diferentes plataformas, gerenciar seu dinheiro, cadastrar clientes, realizar cobranças e ainda oferecer os principais meios de pagamento.
Para aumentar seus resultados de vendas, seu negócio precisa estar suprido com soluções e ferramentas seguras e práticas, que tornem sua rotina financeira mais fácil e eficiente. Saiba mais sobre plataformas de gateway de pagamento para e-commerce!

Asaas

Asaas

Veja também

Marketing
Histórias de Empreendedoras: Marcela Graziano, a CEO que quer mais mulheres em tecnologia
Marketing
Como uma má reputação pode prejudicar suas métricas de Email Marketing: 6 pontos dos quais você precisa cuidar
Marketing
Como compactar imagens sem perder qualidade e aumentar a velocidade de seu site