Bianca Martinelli: Como criar equipes de alta performance para escalar sua empresa #RDSummit

Vice-presidente de expansão internacional da RD deu dicas sobre cultura da empresa, contratações, gestão, dentre outros assuntos

Mônica Custódio
Mônica Custódio20 de outubro de 2017
Lançamento dos Panoramas de Vendas 2024

Durante uma década trabalhando para a Endeavor, Bianca Martinelli teve contato com muitos empreendedores de diversos lugares do mundo. Mas, em qualquer lugar que estivesse, notava que os interesses de escalar dessas pessoas eram similares.

Para alcançar isso, Bianca Martinelli — que é formada em administração e atualmente trabalha como vice-presidente de expansão internacional da Resultados Digitais — acredita que é necessário, para isso, ter uma cultura forte e inspiradora, boa gestão e métricas, dentre outros pré-requisitos.

Saiba mais sobre cada um desses pontos.

Crie uma cultura forte e inspiradora antes de escalar

Antes de escalar sua empresa, é preciso criar uma cultura forte e inspiradora.

Isso pode ser feito definindo sua missão, visão e valores.

A missão deve ser mensurável. Já a visão é como um norte em que a empresa quer chegar, uma aspiração que faz as pessoas terem orgulho de pertencerem à organização. Os valores, por sua vez, são os princípios por meio dos quais a empresa opera.

A palestrante lembra que os líderes da empresa precisam viver essa cultura todos os dias, serem exemplos vivos dela. E recomenda a leitura do código de cultura da Netflix, que já foi lido por 15 milhões de pessoas ao redor do mundo.

Faça boas contratações

A qualidade da gestão impacta a equipe de diversas formas. Por exemplo, contratando as pessoas certas. Sobre contratação, aliás, a ideia é empregar pessoas ainda melhores que você.

Bianca Martinelli apresentou uma pesquisa que mostra que as habilidades que serão valorizadas nos próximos anos são, dentre outras, resolução de problemas complexos, pensamento crítico, gestão de pessoas e inteligência emocional.

Tenha métricas

É importante também ter uma metodologia de métricas, como a dos OKRs (objective and key results), na qual que você define pelo menos três resultados-chave que serão medidos trimestralmente. Isso é interessante porque você não precisa esperar até o fim do ano para saber como o negócio está indo.

Definir OKRs é muito mais fácil antes de escalar, pois a empresa tem poucas pessoas. Quando o time cresce, alinhar objetivos com muita gente vai se tornando mais difícil. Mas continua sendo importante.

Crie uma cultura de feedbacks

Criar uma cultura de feedbacks pode ser difícil. Para ajudar nessa tarefa, Bianca Martinelli sugere utilizar o método SCI, que consiste em apontar situação, comportamento e impacto na hora de dar feedback sobre determinada ação.

Ela indicou, ainda, o livro Radical Candor, de Kim Scott, que trabalhou em diversas empresas do Vale do Silício.

Mônica Custódio

Mônica Custódio

Quem escreveu este post

Oi! Eu sou jornalista e já trabalhei com jornal impresso, assessoria de imprensa e revisão de textos. Desde 2016, estou me aventurando pelo mundo do marketing digital. :)

Veja também

Marketing
Página de vendas: veja como começar a vender seus produtos online rapidamente através de uma Landing Page
Marketing
Tudo sobre mailing: o que é, importância, boas práticas e melhores ferramentas
Marketing
O futuro das redes sociais, por Bia Guarezi, Larissa Rodrigues e Ana Carvalho