Dicas e passo a passo de como fazer um anúncio no Instagram

Criar um anúncio no Instagram é uma atividade que pode trazer mais visitantes para seu site. No entanto, faz parte de um ecossistema maior e precisa estar alinhada à sua estratégia de Marketing.

Kaio Victor Cuer
Kaio Victor Cuer10 de abril de 2024
Lançamento dos Panoramas de Vendas 2024

Fazer anúncios no Instagram é uma prática comum entre empreendedores e times de Marketing, já que a rede social é uma das principais plataformas na atualidade. Mas, é fato dizer que ela passou (e passa) por diversas mudanças, tanto no seu design de usabilidade, como na forma de produção e consumo de conteúdo.

Nesse sentido, a plataforma sofreu mudanças impulsionadas por um período pós-pandemia, pelo aumento da concorrência e avanço das mais diversas pautas na sociedade. 

Somada a essas frentes, a plataforma também sofreu mudanças na forma e nos formatos de consumo dos seus conteúdos. Foram muitas novidades e todas elas impactam a jornada de compra dos consumidores.

É claro que todas essas mudanças também impactam quem promove anúncios no Instagram. Afinal, entender o contexto em que estamos inseridos é fundamental para criar uma estratégia de comunicação consistente e ancorada nessa constante evolução.

Hoje, quero trazer neste conteúdo uma visão crítica sobre o cenário acima e como isso reflete nos anúncios produzidos para o Instagram. Continue a leitura nas próximas linhas!

E se você quer entender mais sobre a rede social, também pode se inscrever no Curso de Instagram e TikTok Gratuito, da RD University.

O que é Instagram Ads?

É chamado de Instagram Ads, ou anúncios no Instagram, justamente anúncios veiculados dentro da plataforma do Instagram. Eles podem aparecer em diversos posicionamentos e ser segmentados a partir de uma definição de público-alvo com base em fatores demográficos e de interesses.

Esses anúncios podem aparecer em diversas localizações no Instagram, como Stories, Feed e Reels. Os formatos também são variados, podendo contemplar imagens e vídeos, como você verá mais adiante. A seguir, confira um exemplo de anúncio do RD Station Marketing:

📖 Leia também: Como anunciar no Instagram Ads: o passo a passo completo e dicas para ter melhores resultados

Por que fazer anúncio no Instagram?

São muitas as vantagens de se fazer um anúncio no Instagram. Não é à toa que, segundo o Panorama de Marketing, estudo produzido pela RD Station, 72% dos times de Marketing exploram estratégias de Mídia Paga e Links Patrocinados no Brasil.

Entre os principais benefícios dessa estratégia, está o alto poder de segmentação do público-alvo que será impactado e a possibilidade de alcançar uma nova audiência — fora da bolha atual da marca.

Ainda, a distribuição desse conteúdo para um número maior de usuários em um espaço de tempo curto, quando comparado com a distribuição orgânica, também justifica o uso dessa tática.

Quem pode fazer anúncio no Instagram?

Qualquer pessoa que tenha uma conta comercial no Instagram consegue fazer um anúncio no Instagram. No entanto, é preciso cumprir a política de anúncios da plataforma.

Você pode turbinar uma publicação direto no Instagram, escolhendo objetivo de campanha, segmentação de público, definição de orçamento e prazo da campanha. É um nom modelo para quem está dando os primeiros passos para anunciar no Instagram.

No entanto, para usar o Gerenciador de Negócios da Meta, que permite criar anúncios melhor segmentados, é preciso vincular o perfil a uma conta no Facebook. Assim, quanto mais complexo e robusto for seu planejamento de mídia, mais importante será o uso do Gerenciador de Negócios (também chamado de Business Manager ou BM).

Quanto custa fazer um anúncio no Instagram?

Você pode anunciar a partir de $1 por dia. Mas calma, apesar dessa definição, quando você configura sua conta de anúncios, pode definir em qual moeda será cobrado. Nesse caso, selecione BRL — que representa o Real (R$).

Dessa forma, o valor de 1 dólar é convertido em real, ficando, geralmente, entre R$5 e R$6 como valor mínimo diário. Você também poderá escolher o número de dias nos quais sua campanha será veiculada, podendo pausa-la a qualquer momento.

Quais são os formatos de anúncio no Instagram?

A seguir, confira os principais formatos que você pode escolher para criar um anúncio no Instagram.

Imagens 

A imagem é o mais tradicional e usual entre todos os formatos. Ela pode ser uma peça de design, com elementos visuais e/ou textuais, ou uma foto real.

Também, podem ser usadas de forma única ou compondo um carrossel em praticamente todos os posicionamentos.

Dessa forma, a operação consegue explorar novas possibilidades de impacto na audiência dentro do mesmo formato. Além de trazer recursos extras para testar e metrificar os resultados em um modo estruturado de dados.

Vídeos

O vídeo tem ganhado destaque no Instagram e é um formato muito usado por anunciantes, já que atende a um novo padrão de consumo na plataforma.

Além de ser adaptável, podendo ser usado em stories, reels e feed (entre outros), conta com o autoplay da plataforma que, somado ao uso de legendas, gera uma maior possibilidade de conquistar a atenção da audiência. 

Cada um desses formatos tem seus pormenores técnicos. Para esse nível de detalhamento e análise de outros formatos disponíveis, acesse a Central de Ajuda do Anunciante do Meta.

Alinhado esse pontos iniciais, partimos juntos agora para uma visão estratégica e tática no uso do Anúncio no Instagram.

Como criar anúncios no Instagram?

Primeiro, acesse o Gerenciador de Negócios da Meta e selecione a opção “Gerenciador de Anúncios”.

Em seguida, clique no botão “Criar” e selecione um dos objetivos abaixo. Ele está relacionado ao objetivo que você pretende atingir com seu anúncio.

Já na próxima tela, você definirá:

  • Nome da Campanha: nome que identifica sua campanha dentro da plataforma de anúncios.
  • Categoria de anúncio especial: se seu anúncio for relacionado a crédito, emprego ou moradia, eleições ou política e temas sociais.
  • Teste A/B: usado quando você quer testar uma variável ao criar uma nova campanha de anúncios. 
  • Orçamento de Campanha Advantage: conhecido como CBO, no qual o orçamento é atribuído ao nível da campanha e o algoritmo faz a distribuição do orçamento entre os públicos configurados a partir de Inteligência Artificial.

Depois de configurado, clique no botão “Avançar”, no canto inferior direito. Nessa tela você poderá definir:

  • nome do conjunto de anúncios;
  • conversão (dependendo do objetivo escolhido);
  • orçamento e programação;
  • segmentação de públicos;
  • posicionamentos (é exatamente aqui que vamos selecionar o Instagram).

Em “Posicionamentos”, você irá escolher a opção “Posicionamentos manuais”. Em seguida, em “Plataformas”, escolha “Instagram”. Aqui, você ainda pode escolher outras opções, como veicular no feed, stories, reels etc.

Depois de configurar essas informações, clique no botão “Avançar”, no canto inferior direito. Em seguida, defina:

  • Nome do anúncio: nome que identifica um anúncio dentro do seu conjunto de anúncios.
  • Configuração do anúncio: defina se seu anúncio será feito do zero, de uma publicação existente ou de um modelo.

Dependendo do tipo de criativo e objetivo de campanha, você poderá inserir um texto principal (conhecido como legenda), opções de texto e até mesmo um botão de chamada para ação.

Se estiver tudo certo, clique no botão “Publicar” — a plataforma irá validar e, em até 24 horas, seu anúncio estará no ar!

A estratégica por traz do Anúncio no Instagram

Considerando a parte estratégica, gosto de trazer sempre uma visão macro do projeto, indo de um ponto mais holístico para as ações micro. Veja, a seguir, como cada etapa é importante para o sucesso da sua campanha.

Marca

O primeiro passo é entender a marca que o anúncio irá promover. Assim, é possível ter certeza sobre seus objetivos de negócio e comunicação. 

Essa parte é fundamental para termos muita clareza sobre a função que os anúncios devem cumprir dentro do projeto, de forma sinérgica.

Jornada de Compra

Também, precisamos considerar a etapa do funil que estamos promovendo e o momento da jornada de compra. Isto porque, por mais simples que possa parecer, é nesse momento que conseguimos assegurar o sucesso do projeto.

Objetivo macro e micro

Agora, chegando até as campanhas, podemos olhar um pouco mais de perto. Para isso, podemos subdividir os objetivos da campanha com relação ao projeto em si e também com relação ao que foi configurado na plataforma. São dois pontos similares, mas que reservam pequenos detalhes que fazem a diferença.

Assim, enquanto o primeiro está intimamente ligado aos objetivos do projeto, o segundo é um aspecto mais tático, sobre qual opção de campanha terá maior probabilidade de alcançar o objetivo desejado.

Variáveis da campanha

Ainda, temos mais algumas camadas para nos aprofundar, que compõem as variáveis da campanha: 

  • Persona: configurada a partir do público-alvo dentro das campanhas.
  • Posicionamento: qual mensagem será entregue e como.
  • Praça: onde o anúncio será veiculado no Instagram.

E o ponto mais valioso é entender como o público interage com a mensagem dentro do Instagram, a partir de cada elemento, como os formatos, por exemplo.

Assim, a pedra angular de todo esse ecossistema é o mix de conteúdo, público e o storytelling, resultando em anúncios que façam sentido para a audiência, na forma e no momento mais contributivo para a jornada. 

O famoso: criativo certo, na hora certa, no lugar certo, com a história certa e para o público certo. Porque, no final, o anúncio é uma forma de contar uma história.

Criar um anúncio no Instagram é uma somatória de todos esses pontos em uma amarração que faça sentido para os objetivos do projeto. Assim, é possível promover a marca respeitando seu posicionamento e propósito. 

A parte tática (e criativa) do Anúncio no Instagram

Chegando agora na parte mais tática, desembarcamos na etapa mais criativa: texto, design e a própria criatividade.

O copy é imprescindível nessa composição. É por meio dele que podemos nos aprofundar um pouquinho mais na ação de convencimento. 

Inegociável, acho que posso colocar assim, é o fato de precisar de um CTA claro e direto sobre a ação que o usuário precisa tomar.

Lembre-se: você sabe todo o caminho estratégico percorrido até esse momento de escrita, mas a audiência não. Então, como sugestão, seja claro no CTA, sem muitas firulas.

📖 Veja também: Copy de Anúncios: como criar textos que convertem e como a ferramenta de IA da RD Station melhora seus resultados

Quanto ao design, também temos muitas opções:

  • Qual é a melhor forma de se destacar e promover a mensagem entre o rolar do feed e o passar dos stories? 
  • Usar uma foto sem composição de arte, mais próxima da realidade? Ou talvez o uso de elementos contribua? 
  • Mas será que um vídeo seria melhor? Ou um conteúdo UGC (conteúdo gerado pelo usuário)? 
  • Meme, gif? 

Como você viu, não faltam opções.

Dos meus tempos de redator publicitário carrego um sentimento: texto e arte precisam trabalhar em duplas. É essa junção e troca de ideias que potencializam o resultado e geram combinações fantásticas.

Então minha sugestão é: redatores e designers, trabalhem juntos!

Dica extra para conteúdo: conte com o RD Station Mentor IA para ajudar na produção das suas copies. 

Metrificando anúncios no Instagram

Mas, no meio de tantas opções de combinações diferentes, como saber qual a melhor composição para os Anúncios no Instagram?

Aqui minha personalidade pragmática e analítica vão vibrar na resposta: FAÇA TESTES. 

Respeitando a parte estratégica citada acima, promova combinações. Monte e remonte os criativos, porque você estará sempre há algumas tentativas do melhor resultado possível.

Mas não é só testar, precisa haver aferição e documentação das testagens. Para isso, use o método científico básico: 

  1. crie uma hipótese;
  2. sugira uma alternativa;
  3. busque por métricas para validação da alternativa;
  4. gere dados (resultados);
  5. colete esses dados;
  6. analise-os e os transforme em informações. 

Ah, antes que me esqueça, documente esse experimento. Afinal, toda documentação pode ser compartilhada, gerando insights em todo o time.

Apenas como sugestões, aqui vão algumas métricas básicas que estão bastante ligadas aos criativos:

  • Volumetria de Cliques
  • Custo por Cliques
  • Taxa de Cliques
  • Resultados (conversão)
  • Custo por Resultado (conversão)
  • Taxa de Resultado (conversão)

Se possível, crie uma planilha para registrar esses resultados, gerando um histórico e possibilitando ter uma visão preditiva dos resultados.

Coloque sua estratégia em prática

O Instagram é uma plataforma em constante evolução, baseada em fatores externos e internos. E sua estratégia precisa considerar esses aspectos.

Ainda, criar um anúncio no Instagram é uma tarefa multidisciplinar. Isto porque abrange conhecer o comportamento do consumidor, fatores estratégicos e táticos, formas de metrificação e análise.

Nosso papel é sintetizar tudo de forma sinérgica para que, no final, o anúncio faça sentido com o todo. Para saber mais sobre Marketing e Vendas, acesse o blog da GMZ.MOKE!

E se você quer colocar uma estratégia de atração e conversão de Leads em prática, pode precisar de uma ferramenta de Automação de Marketing. Para isso, procure por soluções que cobrem todas as etapas do funil de Vendas: atração, conversão, relacionamento e análise.

Para isso, você pode começar criando suas Landing Pages para converter o público dos seus anúncios de Instagram em Leads. Aproveite para fazer um teste gratuito do RD Station Marketing.

Kaio Victor Cuer

Kaio Victor Cuer

Veja também

Marketing
Conheça 12 erros técnicos de SEO e como consertá-los
Marketing
Como compactar imagens sem perder qualidade e aumentar a velocidade de seu site
Marketing
O que é Meta Description e por que é importante sua otimização nas páginas e posts do seu site